DF: Mulher prensada por caminhão em obra aguarda há 24 horas por cirurgia

Secretaria de Saúde do DF diz que existem casos mais graves na fila de espera

A mulher que foi prensada por um caminhão contra uma barreira de alumínio de uma obra próximo ao shopping Conjunto Nacional, área central de Brasília, na manhã desta quinta-feira (20), está há mais de 24 horas aguardando por uma cirurgia no Hospital de Base.


Mulher prensada por caminh縊 em obra do DF aguarda h 24 horas por cirurgia no bra輟

Maria Michelle Alves da Silva estava andando pelo Setor Hoteleiro Norte quando foi atropelada pelo veículo. Testemunhas contaram que o motorista estacionou o caminhão muito rente à barreira da obra e atingiu a mulher.

A irmã da vítima, Taísa Alves da Silva, explicou que Michelle está internada desde as 10h desta quinta à base de medicações para dor, mas os médicos dizem que não vão atendê-la porque existem casos mais graves na frente.

? Ela grita de dor e está tomando morfina. Fraturou o braço, está com a perna roxa e ninguém faz nada. Os médicos também dizem que faltam profissionais para cuidar dela.

A Secretaria de Saúde do DF informou que a vítima teve várias escoriações na perna direita e uma fratura no antebraço esquerdo, mas que o estado de saúde é estável e ela não corre risco de morte.

A pasta esclareceu ainda que Maria Michelle está recebendo acompanhamento médico e tomando remédios, mas que as cirurgias acontecem de acordo com a classificação de risco, onde pacientes acidentados que chegam com risco de morte, o que não é o caso da paciente, de fato têm prioridade.

Fonte: r7