Multas ultrapassam R$ 1 milhão no PI

No ano passado, foram registradas 6.109 infrações, sendo 4.631 consideradas gravíssimas

A quantidade de infrações cometidas pelos condutores piauienses vem aumentando a cada ano. É o que revela o mapa geral da Companhia Independente da Polícia Militar de Trânsito (Ciptran).

No ano passado, foram registradas 6.109 infrações, sendo 4.631 consideradas gravíssimas. Esses números representam quase R$ 992 mil em multas aplicadas pelos policiais da Ciptran. Os dados de 2009 ainda não foram contabilizados, mas considerando o aumento das infrações, as multas tendem a superar o valor de um milhão.

Tomando como base o mês de novembro - por ser aquele com mais ocorrências consideradas gravíssimas ? esse tipo de infração subiu de 465 para 610 em três anos. Em novembro de 2009, o total de infrações gravíssimas superou a soma das consideradas graves, médias e leves. Juntas, elas foram apenas 195 registradas.

Os condutores piauienses, segundo os dados da Ciptran, repetem anualmente os mesmos erros. Dirigir sem carteira de identidade, motoqueiros sem capacete e veículo não registrado ou licenciado são os maiores motivos de multas.

Em relação às demais punições além das multas, como remoções de veículos e recolhimentos de carteiras de habilitação, o ano de 2009 continua batendo recorde. Até novembro, o saldo é de 1.756 carros apreendidos e 1.238 habilitações recolhidas. O mês de dezembro ainda não foi contabilizado.

Fonte: Jornal Meio Norte, www.jornalmn.com.br