Museu do PI terá novo projeto com pinacoteca e recursos didáticos

O museu está passando por uma completa reforma.

Fundado em 1934, o Museu do Piauí – Casa de Odilon Nunes surgiu a partir de uma seção do Arquivo Público e possui acervo diversificado que compreende desde o período pré-histórico ao contemporâneo. O museu está passando por uma completa reforma que contempla melhorias na estrutura física e um novo projeto museográfico. O casarão situado no Centro de Teresina ganhará novas salas, além de pinacoteca (galeria de pinturas) e recursos didáticos que auxiliarão no ensino-aprendizagem.

A pinacoteca será implementada com acervo já existente e também aquisição de novas telas. O projeto contempla uma nova disposição das salas do Museu do Piauí, com o devido suporte, adequação e iluminação. “O museu tinha algumas salas dedicadas a exposições de artes, mas eram amostras que não tinham o devido suporte. Nós vamos montar uma pinacoteca com vários seguimentos na área das artes plásticas”, comenta o arquiteto responsável pelo projeto, Paulo Vasconcelos.

Na nova organização interna das salas do museu haverá espaço dedicado à arte sacra. As peças ganharão nova cenografia, possibilitando recursos de comunicação mais atrativos para o público que visita o local. Duas salas dedicadas às culturas negra e indígena serão montadas, além do tradicional espaço dedicado à história do Piauí.

“Nesse novo projeto, o museu vai ficar mais atualizado, interessante, confortável e o acervo será mais valorizado. Com isso, nós acreditamos que vamos ampliar o número de visitantes”, afirma a diretora do Museu do Piauí, Dora Medeiros.

A equipe do novo projeto realizou um trabalho de pesquisa que abrange a intervenção em vários espaços, com o objetivo de tornar o museu mais didático e, assim, melhorar a interação com as escolas. No pátio será colocada uma espécie de linha do tempo referenciando os principais momentos históricos, para facilitar a compreensão de conteúdos vistos em sala de aula. O objetivo é que o museu se torne uma extensão das escolas, servindo como base para educadores na consolidação do ensino. Outra novidade é a aquisição de mais peças que retratam a cultura popular.

O Museu do Piauí tem previsão para ser entregue na segunda quinzena de janeiro de 2017. O espaço está passando por reforma elétrica, hidráulica e climatização, que visa maior interação e conforto aos visitantes. Desde 1980, o local não sofria uma intervenção como essa.

“Nosso museu será reaberto com padrão internacional, com todos os recursos necessários para interagir com os visitantes e proporcionar maior conhecimento acerca da nossa história”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo. 

Fonte: Ascom