Nathan Portella se consolida como um dos melhores do país

Nathan Portella se consolida como um dos melhores do país

A ampliação do Nathan Portella custou R$ 1.800 milhão, sendo parte da verba repassada pelo Governo Federal.

O Instituo de Doenças Tropicais Dr. Nathan Portella é o maior do Norte/Nordeste em número de leitos para pacientes com doenças infecto-contagiosas e o segundo do país. São 145 leitos que atendem a população do Piauí e vários estados do Brasil.

As melhorias que o hospital receberá a partir de sábado com a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, passa por uma ampliação que vai melhorar o atendimento de pacientes externos. No novo prédio, que possui dois andares, mas com suporte para mais três, funcionarão novos consultórios, sala de urgência, enfim, uma área completa que atende as exigências do Ministério da Saúde.

?Serão dez novos consultórios, sistema de arquivo médico, unidade de urgência e emergência, sala de parada cardíaca, procedimentos e salas de repouso?, afirma o médico Carlos Henrique Nery Costa, coordenador da área de residência médica do hospital.

A ampliação do Nathan Portella custou R$ 1.800 milhão, sendo parte da verba repassada pelo Governo Federal.

Segundo Nery Costa, que já foi diretor do hospital, já há recursos alocados para a reforma interna do hospital. ?Teremos uma melhor infraestrutura, muito mais espaço para os pacientes. Já temos leitos novos comprados, vamos ter espaço para acompanhantes, enfermaria, nutrição?, declarou o médico, ressaltando que, de imediato, começará a reforma da lavanderia.

Anexo - A unidade de saúde também ganhará um anexo onde passará a funcionar a parte administrativa do hospital.

?No anexo funcionará a parte administrativa e de ensino. Nós temos cursos de mestrado, doutorado e residência, que atende a alunos de quatro faculdades de Teresina, além de receber estudantes de outros estados e do exterior?, disse o Carlos Nery.

O Nathan Portella, inaugurado em 1972, está localizado em uma posição estratégica. Recebe pacientes com doenças infecto-contagiosas de dois ecossistemas (Amazônia e Semiárido). ?É uma riqueza particular de patologia impressionante?, finalizou o médico.

Em 2003, após intensa reivindicação popular, ganhou sua Unidade de Terapia Intensiva. São oito leitos destinados para o tratamento de várias doenças contagiosas. A UTI era um sonho antigo do ex-vereador Joaquim dos Velhos.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br