Noiva se casa em hospital para que mãe doente participe da festa

Os dois planejavam o casamento há quatro meses.

Quando alguém planeja um casamento, o lugar da cerimônia é sempre uma das primeiras coisas a ser pensada: vai ser na igreja, numa casa de festas badaladíssima, na praia…? As opções são muitas, mas quase ninguém pensa em se casar num hospital. Mesmo assim, foi exatamente isso que Fabiana Saraiva Guimarães de Araújo e Frederico Flor Silva de Araújo fizeram.

Os dois planejavam o casamento há quatro meses e, como a mãe da noiva estava gravemente doente, haviam realizado todos os preparativos em tempo recorde para que ela pudesse estar presente. Porém, uma semana antes da cerimônia, Fabiana soube que sua mãe não poderia sair do hospital para comparecer ao evento. “Por alguns instantes, todo o nosso sonho foi desfeito. Afinal, não teríamos a presença da Dona Angela, minha sogra e minha mãe de coração, uma pessoa insubstituível e amada por nós dois”, explica Frederico, o noivo.

Mas, ao invés de cancelar a festa, o casal encontrou uma maneira criativa e inspiradora de fazer com que Dona Angela, mãe da noiva, pudesse estar presente. “Foi quando decidimos tentar mudar o local da cerimônia religiosa para o próprio hospital”, conta Frederico.

Para surpresa dos dois, a diretoria do Hospital Brasília, no Distrito Federal, onde Dona Angela estava internada, topou a ideia e deu permissão para que o casamento fosse realizado no local, com um número reduzido de convidados. Assim, no dia 16 de abril, a cerimônia aconteceu contando com a presença de 30 pessoas no jardim do hospital.

“Nosso casamento foi celebrado em um lugar lindo. Minha mãe acompanhou e participou de cada momento da cerimônia, emocionando até mesmo o padre celebrante”, lembra Fabiana.
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title

Fonte: Hypenes