Nova etapa do Lei Maria da Penha nas escola inicia nesta segunda

A nova etapa começa na unidade escolar Maria Melo

A abertura nas escolas do projeto "Lei Maria da Penha nas Escolas: Desconstruindo a violência, construindo o diálogo", uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e o Ministério Público Estadual, acontece na manhã da segunda-feira (31).

O projeto consiste na realização de palestras de capacitação para professores, alunos e comunidade escolar com o objetivo de diminuir os elevados índices de violência contra a mulher no Piauí. As orientações serão ministradas pela equipe multidisciplinar do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid), além de assistentes sociais e psicólogos.

A ação, desenvolvida em etapas, teve seu lançamento em maio, com capacitação para os gerentes regionais de educação, diretores e coordenadores pedagógicos das escolas das 4 Gerências Regionais de Educação (GRE) de Teresina.

Nesta etapa, que tem início na segunda-feira (31), haverá o envolvimento da comunidade escolar e o momento final será com análise do que os alunos aprenderam sobre o assunto. "Será uma fase mais lúdica com uso do teatro, da poesia e da redação. O final será uma apresentação do que se pôde extrair de todo esse período", explica a gerente de Inclusão e Diversidade da Seduc, Natalli Oliveira.

A Unidade Escolar Maria Melo, jurisdicionada à 20ª GRE, será a primeira escola a receber a visita dos palestrantes e as cartilhas preparadas para o projeto. A abertura está marcada para as 9h, no pátio da escola, com uma apresentação artística dos alunos.

Para a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, a conscientização sobre a temática do projeto irá trazer inúmeros benefícios para a sociedade. "Este projeto é fundamental para o fortalecimento de uma cultura de paz nas escolas. Os professores e demais profissionais da educação serão os multiplicadores dessa capacitação que visa conscientizar nossos alunos sobre os direitos das mulheres e, assim, reduzir o elevado índice de violência doméstica", afirma Rejane Dias.

Inicialmente o projeto será desenvolvido nas escolas da capital, mas segundo Natalli Oliveira, o objetivo da Seduc é que alcance todas as escolas do Estado. "Sabemos que não temos como chegar tão rapidamente em todas, mas o nosso intuito é de ampliar para que todas as escolas recebam esta ideia. Começaremos pelas quatro GREs de Teresina e, a partir de então, levaremos a cada Gerência Regional, tendo os professores como agentes multiplicadores", finaliza.

Durante toda a próxima semana, a equipe multidisciplinar irá visitar outras 4 escolas sendo elas: João Clímaco D’Almeida e Antônio Dilson Fernandes, da 4ª GRE, dia 01/09; Julia Nunes, da 21ª GRE, dia 02/09 e Domício Magalhães, da 19ª GRE, dia 04/09.

Fonte: Portal MN