Número de homicídios na cidade de Timon já é 34% maior que em 2010

Número de homicídios na cidade de Timon já é 34% maior que em 2010

Nos três últimos anos, ocorreram 110 assassinatos em Timon.

O ano de 2011 ainda não acabou, mas o número de homicídios em Timon já é maior do que no ano passado. Segundo dados da delegacia de homicídios, 39 pessoas foram assassinadas na cidade, o que significa um aumento de 34% em relação a 2010.

Nos três últimos anos, ocorreram 110 assassinatos em Timon. Fazendo parte dessa estatística encontra-se o marido de Cláudia Miranda, assassinado pelo irmão dela dentro da própria casa no mês de outubro.

“Sempre que bebiam tinha uma discussão entre eles, até que aconteceu isso”, conta a viúva, que agora cuida sozinha de quatro filhos e está com o irmão na cadeia.

A mágoa pelo que aconteceu dificilmente vai acabar. Cláudia disse que nunca fez uma visita ao irmão e espera que ele jamais saia da cadeia. “É muito difícil. De agora em diante eu estou só levando a vida”, relata a mulher.

Tanto a vítima quanto o assassino eram usuários de drogas. De acordo com o delegado Ricardo Freitas, 85% desses crimes têm relação com a dependência química. As mortes acontecem por brigas pelo controle do tráfico ou por dívidas dos usuários de drogas com traficantes.

“Para resolver essa problemática é necessária uma coação forte do poder público, não apenas da polícia”, defende o delegado.

As áreas do 1º Distrito Policial, no centro da cidade, e do 3º DP - na Rua 100, são consideradas as mais violentas, pois a maioria dos assassinatos acontece nessas regiões.

E assim como os crimes, a quantidade de prisões também é considerável: 40 homicidas foram colocados na cadeia somente em 2011.

Fonte: Nayara Felizardo