OAB e Uespi discutem oferta de cursos de extensão e mestrado

OAB quer oferecer cursos de extensão e pós-graduação aos advogados.

O reitor Nouga Cardoso Batista e os pró-reitores Geraldo Eduardo e Raimundo Dutra, respectivamente da Prop e da Prex, receberam na manhã desta quinta (28) a visita de Naiara de Moraes e Silva e André Carvalho Luz, diretora geral e diretor institucional e de eventos da Escola de Advocacia da OAB; e também de Augusto Silva, coordenador do Polo do Nead Uespi, de Campo Maior. A visita foi motivada pelo desejo da OAB de oferecer cursos de extensão e pós-graduação aos advogados do Piauí, através de parceria com a Uespi.

Segundo Naiara, a Ordem dos Advogados deseja fechar um planejamento de modo que todas as subseções do estado possam ser atendidas com esses cursos. “A reunião foi a busca de uma parceria inicial entre OAB e Uespi para viabilizar cursos de extensão e pós-graduação, lato sensu e stricto sensu, para atender a uma demanda crescente de advogados no Piauí. Já demos o pontapé hoje no sentido do início desse planejamento”, pontua.

Assim como Naiara, André Carvalho também mencionou a demanda que os advogados do Piauí têm por cursos que possam oferecer uma qualificação: “A demanda sempre existiu, e nessa nova gestão da OAB estamos dando uma atenção especial a todos os advogados e bacharéis para saber das necessidades que eles têm, e estamos visitando a Uespi em virtude da extensão que ela tem no interior, e que possa, em conjunto com a ESAPI, facilitar essa atenção especial que os advogados e bacharéis do interior necessitam para se qualificar no mercado de trabalho”, esclarece.

Alguns dos cursos de extensão a serem trabalhados nesse semestre são voltados para a área eleitoral, devido a 2016 ser um ano eleitoral. O pró-reitor de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários, Raimundo Dutra, falou sobre a reunião: “Nós firmamos já algumas propostas de parceria para os cursos. Nesse semestre já vamos oferecer cursos de extensão baseados nas demandas que a OAB trouxer para nós. Ficamos satisfeitos porque é a universidade interagindo com uma organização da sociedade civil e também atendendo a uma demanda social”, declarou.

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Geraldo Eduardo, esclarece que a parceria com a OAB já vem de longa data. “Na realidade, nós vamos resgatar essa parceria, pois a tivemos de 2009 a 2011, para oferta de cursos de especialização para os advogados, tanto pra áreas específicas como também pra área de gestão dos escritórios advocatícios, que é uma deficiência na formação do bacharel em Direito”, afirmou. Além disso, outro projeto a ser retomado é o do mestrado profissional em Direito, e também dos cursos de especialização.

O reitor Nouga Cardoso Batista enfatizou o fato de o curso de Direito ser um dos maiores formadores da universidade, além do nível de qualidade que tem alcançado nos últimos anos: “A Uespi tem seis cursos de direito, então é uma das áreas em que mais a universidade forma no estado do Piauí, e forma bem, porque os cursos são muito bem avaliados. A vinda da OAB, procurando construir essa pareceria que vai para além da formação do graduado, nos deixa bastante otimista de estarmos contribuindo ainda mais para a formação dos recém bacharéis e também com a possibilidade de reciclagem e capacitação para os que já atuam”, finalizou.

Fonte: Ascom