Famílias se acampam no TJ por causa da violência; veja!

Famílias se acampam no TJ por causa da violência; veja!

De agosto de 2013 a fevereiro de 2014 foram assassinados três menores

Os pais, amigos e parentes de vítima em Teresina montaram uma barraca ao lado do TJ na manhã desta sexta-feira, 21. O objetivo foi chamar a atenção das autoridades do poder judiciário em relação à aplicação das leis sobre os acusados de cometerem assassinatos em Teresina.

De agosto de 2013 a fevereiro de 2014 foram assassinados três menores: Fernando, 17, morto por engano. A polícia apreendeu o menor, de 14 anos que cometeu o crime, meses depois, foi solto voltando a cometer outros dois crimes; Richardson da Conceição, que também foi assassinado no bairro Promorar; o último caso é o do garoto Felipe, de 06, que foi morto na última terça-feira. O assassino do menino não encontrou a quem queria matar e resolveu tirar a vida da criança. Os pais desses menores pedem a punição dos criminosos.

O pai do garoto Felipe reúne forças em união com toda a sociedade para demonstrar que a principal arma para combater a violência é o bem. A intenção é desencadear um movimento em nome da cidadania e punição para quem está fora da Lei.

Segundo o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados, Campelo Filho, é necessário que se faça a defesa da dignidade dos direitos do ser humano em qualquer esfera. ?Nós temos feito diversos acompanhamentos em processos onde a Ordem tem dado apoio a esses familiares. Eu pediria a todos os que têm entes envolvidos em violência, que procurem a Ordem que nós vamos dar o apoio a essas famílias!?,

O que nós temos feito é disponibilizar esse papel de que eles (a Polícia e o Ministério Público) cumpram o seu dever, tanto de investigação quanto de atuação no processo criminal para que esses bandidos sejam presos.

O Conselho dos direitos humanos é para cuidar dos direitos humanos, tantos de presos quanto das vítimas de violência; é por isso que lançamos o Núcleo de Apoio às Vitimas de Violência. O nosso desejo é poder expandir e colocá-lo paulatinamente em prática.

Fonte: Denison Duarte