Oi encerra o ano de 2014 com investimentos de R$ 35 milhões no Piauí

A Oi tem investido na expansão da sua rede

A Oi investiu cerca de R$ 35 milhões no Piauí no ano de 2014. A operadora está priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações, com foco no tripé Operações, Engenharia e TI, para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões.

A Oi tem investido na expansão de sua rede no Piauí. Em 2014, a companhia instalou mais de 6 mil portas de acesso à internet banda larga no estado. Neste período, também foram implantados 51 novos sites 2G, 3G e 4G. Os sites são os locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do telefone celular.

Como resultado dos investimentos, a Oi TV foi a operadora que mais conquistou clientes no setor de TV por assinatura no último trimestre de 2014, no Piauí. Foram mais de 2,2 mil clientes novos no período, aumentando em 3 pontos percentuais o market share no estado no período.

Resultados da Oi no Brasil

A Oi registrou no último trimestre de 2014 um aumento consistente em praticamente todos os aspectos do negócio, quando a companhia anunciou mudanças na sua estrutura e iniciou um plano de turnaround, com foco em redução de custos e geração de caixa.

No segmento Residencial a receita líquida da companhia cresceu 0,9% no quarto trimestre de 2014, contra o terceiro trimestre, principalmente devido ao crescimento da banda larga e TV paga, que são os pilares da estratégia de convergência da Oi. De acordo com a Anatel, a Oi foi líder de mercado em adições líquidas de TV paga em todos os três meses quarto trimestre de 2014.

No segmento Mobilidade Pessoal, a companhia registrou crescimento de 11,6% na receita líquida no quarto trimestre de 2014, quando comparado ao terceiro trimestre, como resultado do aumento da recarga no pré-pago, que registrou um recorde histórico em dezembro de 2014, subindo 11,4% comparado a dezembro de 2013, do crescimento da receita de dados (+22,6%) e das vendas de aparelhos na época do Natal. No segmento B2B, a Oi também apresentou aumento sequencial (quarto trimestre contra terceiro trimestre) da receita em razão do crescimento dos serviços de TI e de dados do segmento de grandes empresas e do aumento da receita de mobilidade de PMEs, alinhados ao compromisso da Oi na rentabilidade e produtividade dos seus negócios.

Fonte: Assessoria