Olimpíada de Matemática distribui medalhas a três mil estudantes

Cerca de 850 mil participaram da segunda fase da Olimpíada

A cerimônia de premiação da 5ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) será realizada na próxima terça-feira (06), a partir das 14 horas, na Escola Naval do Rio de Janeiro, com a participação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e do ministro da Ciência e Tecnologia (MCT), Sergio Rezende.

Dos 19 milhões de alunos inscritos, cerca de 850 mil participaram da segunda fase da Olimpíada. A 5ª Obmep premiará 300 estudantes com medalhas de ouro, 900 com prata e 1.800 mil com bronze. A Olimpíada é um projeto que vem criando um ambiente estimulante para o estudo da Matemática entre alunos e professores de todo o País. Voltada para a escola pública, seus estudantes e professores, a Obmep tem o compromisso de afirmar a excelência como valor maior no ensino público. Suas atividades vêm mostrando a importância da Matemática para o futuro dos jovens e para o desenvolvimento do Brasil.

Premiação

Entre as diversas premiações da competição, os professores participantes da Obmep são premiados com Estágios, um momento de reconhecimento à competência e dedicação desses profissionais em um ambiente de estudo estimulante e enriquecedor. Os alunos premiados ganham bolsas de estudo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) para estudarem Matemática por um ano.

Os 30 primeiros colocados são beneficiados com a Preparação Especial para Competições Internacionais (PECI). Direcionada a aproximadamente 30 medalhistas de ouro selecionados pela excepcionalidade de seus talentos para a Matemática, esta atividade visa prepará-los para participação de competições internacionais na área.

A Obmep é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa/MCT), Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com a participação dos ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT), da Educação (MEC) e do CNPq.

Fonte: Carlos Rocha, Jornal Meio Norte