Ônibus capota no deixando um morto e 11 feridos Ceará

Empresa enviou nota por rede social

Image title

Na madrugada desta sexta ­feira (26), por volta das 2h, um ônibus tipo leito da empresa Guanabara capotou na região norte do Ceará, próximo ao Sítio Tangente. O Ônibus fazia o trajeto Parnaíba­ / Fortaleza, via Camocim.

De acordo com o policial L. Carlos, da delegacia de Massapê, o acidente causou a morte do advogado Washington Luís Oliveira da Silva, conhecido como “Washington da Chica Rica” de 50 anos, e deixou mais de 12 pessoas feridas, entre eles o promotor de justiça de Parnaíba, Antenor Filgueiras, todos foram encaminhados para a Santa casa de Sobral.

A empresa emitiu uma nota publicada no facebook: “A Guanabara comunica que na madrugada desta sexta­feira (dia 26), por volta de 2h, houve um acidente envolvendo um de seus veículos na localidade de Riachão dos Farias (CE – 365), a sete quilômetros do município de Senador Sá, região Norte do Ceará. O ônibus (placa NBF 7316) fazia o serviço Parnaíba – Fortaleza e partiu do destino de origem às 22h de quinta­feira com 20 passageiros a bordo.

As permanecem internadas na Santa Casa de Sobral para onde foram levadas momentos após o ocorrido. Quando tomou ciência do fato, ainda de madrugada, a Guanabara enviou de imediato equipes de Sobral e Fortaleza para prestar a assistência necessária aos passageiros no local e na Santa Casa.

Até o momento, não é possível afirmar com precisão o que teria provocado o acidente. A Guanabara informa que o veículo se encontrava em perfeitas condições de uso, tendo passado por manutenção preventiva há pouco tempo. O motorista cumpria jornada regular e havia tido um período de mais de 30 horas de descanso antes de iniciar a viagem.

A Guanabara está no aguardo do laudo da perícia bem como as apurações internas para concluir sobre possíveis causas do acidente. A empresa ressalta que irá prestar toda assistência às vítimas e disponibiliza o telefone do SAC 0800­7281992 para atendimento aos familiares”.



Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco