Ônibus é incendiado em Florianópolis durante ataques

Ônibus é incendiado em Florianópolis durante ataques

Além do ônibus, carro e cartório eleitoral também foram incendiados

Mais um ônibus foi incendiado em Florianópolis na manhã desta segunda-feira (11). O caso aconteceu por volta das 6h20, no bairo Abraão. De acordo com a Polícia Militar, com esse incêndio no bairro Abraão, subiu para 91 o número de atentados em 28 cidades de Santa Catarina. Os bombeiros foram atender a ocorrência, mas o veículo de transporte coletivo ficou completamente destruído. Apenas o motorista e o cobrador estavam no momento do crime, mas eles saíram do veículo e não ficaram feridos.

Pouco antes, em Palhoça, por volta das 5h40 desta segunda-feira, um cartório eleitoral foi incendiado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o foco do incêndio foi em frente a uma janela quebrada. Próximo ao local havia garrafas pet derretidas. Ainda conforme o Bombeiros, o fogo não chegou a se alastrar para outros ambientes da edificação.

No mesmo horário, por volta das 5h45, desta segunda um carro foi incendiado no estacionamento do Centro Administrativo do Governo de Santa Catarina, em Florianópolis. De acordo com os bombeiros, o veículo ficou completamente destruído e outro foi atingido parcialmente pelas chamas.

Na madrugada, em São Miguel do Oeste, um ônibus coletivo escolar foi totalmente destruído pelo fogo na madrugada desta segunda. Ele estava estacionado em um pátio, em um trevo da BR-282 que dá acesso à cidade. Segundo a Polícia Militar, o caso foi informado por volta das 3h30. Conforme os bombeiros, acredita-se que alguém tenha jogado combustível no veículo e depois ateado fogo. Este foi o primeiro atentado registrado nesta cidade do Oeste.

A Polícia Militar também confirmou que a viatura que foi alvo de tiros calibre 12 e pedradas no vidro traseiro na noite de domingo (10) está na lista de atentados. O carro da Polícia Militar foi atingido quando fazia escolta de um ônibus em Criciúma. Ninguém ficou ferido. No relatório divulgado na manhã desta segunda (11), a PM também confirmou outro ataque que aconteceu domingo. Por volta das 11h42h, na rua da Fonte, Bairro Abraão, dois homens atiraram um rojão na frente da Base Operacional da PM. Um homem de 24 anos foi detido suspeito de estar envolvido com o ataque. Segundo os policiais, ele estava em liberdade condicional do centro de Triagem do Estreito e possui passagens por tráfico de drogas e roubo.

Fonte: G1