Ônibus param de circular em São Luís

A decisão da categoria revoltou os passageiros

A Justiça do Trabalho decidiu que 50% dos ônibus deveriam circular na capital maranhense durante a greve dos motoristas, fiscais e cobradores. Os rodoviários não obedeceram a determinação da Justiça e optaram, na manhã de hoje, pela ?Operação Jabuti?. Em outras palavras, todos os ônibus que deixaram as garagens e deveriam estar atendendo a população pararam no terminal do Anel Viário. A decisão da categoria revoltou os passageiros, que foram obrigados a descer dos coletivos e seguir seus trajetos a pé.

Em entrevista ao Bom Dia Mirante, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, José Rodrigues, afirmou que a operação não é apoiada pelo sindicato. A decisão de parar os ônibus foi dos próprios motoristas.

Para buscar a conciliação entre os representantes do SET e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no município de São Luís, o desembargador Gerson de Oliveira marcou audiência para, esta terça-feira (19), às 10h, no gabinete da Presidência do Tribunal (Avenida Senador Vitorino Freire, 2001, Areinha). A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) também foi notificada para participar da audiência de conciliação na sede do TRT.

Os rodoviários reivindicam reajuste salarial de R$ 12%; aumento do valor do tíquete-alimentação de R$ 243,00 para R$ 300,00; e inclusão de um dependente no plano de saúde com o pagamento integral da mensalidade por parte das empresas de transportes

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br