Organização da Parada da Diversidade de THE muda data e espera atrair 65 mil pessoas

Organização da Parada da Diversidade de THE muda data e espera atrair 65 mil pessoas

Após realizar uma enquete com a população teresinense, a organização da Parada da Diversidade vai acontecer pela primeira vez em um sábado, dia 1°.

A 11ª Parada da Diversidade acontecerá em um sábado, diferente das edições anteriores. Nos outros anos, o evento era realizado na sexta-feira, mas, através de uma enquete, os teresinenses decidiram que o sábado seria o melhor dia para esta edição da Parada da Diversidade. Com o tema ?Saúde e Diversidade: Múltiplos olhares?, a parada acontece no dia 01 de setembro, na Avenida Raul Lopes. O lançamento oficial do evento acontece neste final de semana.

A expectativa, segundo a organização do vento, é que cerca de 65 mil pessoas passem pela Avenida Raul Lopes nesse dia. ?Nós fizemos uma enquete no Facebook e as pessoas escolheram o sábado como o melhor dia para o evento. No ano passado nós tivemos um público, segundo a Polícia Militar, de 60 mil pessoas.

Como a parada cresce todo ano, nossa expectativa é que esse número chegue a 65 mil, mas não dá para dizer com certeza, já que houve essa mudança de dia. Há quem diga que o sábado atrairá mais pessoas, outros já afirmam que o público cairá?, disse a coordenadora de imprensa do Grupo Matizes, Marinalva Santana.

A temática saúde foi escolhida para ser levada à avenida este ano, segundo Marinalva, pelo fato de ser uma preocupação do movimento LGBT, principalmente pelo fato da vulnerabilidade dessa parcela da população. ?Os dados mostram que a população LGBT sofre discriminação e isso torna estas pessoas vulneráveis. As lésbicas são mais vulneráveis ao câncer de mama e útero e os gays às DST/ AIDS. Por isso, achamos importante tematizar o assunto?, argumentou. Ao longo destes anos, a Parada da Diversidade já levou às ruas temas como Educação e Mercado de Trabalho, por exemplo.

Outra preocupação da organização da Parada da Diversidade é em levar para a Avenida Raul Lopes uma campanha educativa voltada para educação no trânsito. Para isso, o Matizes deverá fechar esta semana uma parceria com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans). ?Se nós olharmos os números oficiais de internações no Hospital de Urgência de Teresina, nós vamos ver que a maioria é de vítimas de acidentes de trânsito, mais especificamente envolvendo motociclistas. Por isso, o assunto merece atenção?, disse Marinalva.

No encerramento da Parada acontece, a exemplo de anos anteriores, um show musical com artistas piauienses interpretando canções temáticas sobre o amor de iguais. O Show da Diversidade acontece na Ponte Estaiada, local de encerramento do percurso da parada, que tem início na Raul Lopes, na altura do Shopping Riverside. Os participantes irão até o balão que dá acesso à Universidade Federal do Piauí e retornam até a ponte.

Nos dias que antecedem a Parada da Diversidade acontece a 8ª Semana do Orgulho de Ser, com uma programação contendo debates, palestras, oficinas e atividades culturais, com mostras de filmes, shows e recitais de poesias.

Fonte: Pollyanna Carvalho