Orquestra apresenta repertórios piauienses em concertos matinais

. A Orquestra Sinfônica de Teresina mostrou todo seu talento

O público compareceu em peso no Palácio da Música, localizado na Rua Santa Luzia, zona Centro/Sul da capital, na manhã de domingo, 21, para prestigiar a Orquestra Sinfônica de Teresina, que apresentou peças de reconhecimento universal e também canções regionais.

A apresentação faz parte da programação do mês junino do projeto Concertos Matinais, que já acontece há cinco anos. A Orquestra Sinfônica de Teresina mostrou todo seu talento em duas peças inéditas de autoria do piauiense Simplício Cunha e do goiano radicado piauiense, Beetholven Cunha. E para a surpresa do público, foram apresentadas ainda peças de Luiz Gonzaga e Dominguinhos.

O diretor do Palácio da Música, Abiel Bonfim, afirma que a apresentação da OST, que ocorre uma vez no espaço, busca atrair um público fiel e divulgar o repertório trabalhado pelos músicos.

“A Orquestra tem essa missão de agregar um público e divulgar o seu trabalho e repertório, principalmente em sua casa, que é aqui o Palácio da Música.

Neste domingo, está trazendo o de praxe, peças universais de compositores tradicionais, mas paralelo a isso, nós também trazemos uma novidade, serão ouvidas duas músicas de compositores de Teresina e, além disso, com tema junino, músicas da terra”, garante.

Abiel Bonfim, que também é produtor da Orquestra Sinfônica de Teresina, acredita que tem conseguido atingir o objetivo de propagar a música e a arte ao público teresinense. “A população vem frequentando.

Esperamos que cada vez mais participe desse projeto, que eu chamo de Oásis de boa música na cidade. Já que a gente vive pressionado pelas músicas de massa e comercial. Aqui, a gente tem essa oportunidade de ter uma música mais voltada para a arte”, destaca.

E para encerrar a programação do mês de junho, o Palácio da Música, através dos Concertos Matinais, neste domingo, 28, convida o público teresinense a participar da apresentação da Orquestra Sanfônica, que vai apresentar músicas nordestinas (forró e baião). A Orquestra Sanfônica é composta por 20 sanfoneiros.

Fonte: Carolina Durães e Márcia Gabriele