Pacientes do Ceir recebem adaptações feita com material reciclável

Pacientes do Ceir recebem adaptações feita com material reciclável

O material utilizado são sobras de outras adaptações e é construído pela própria terapeuta ocupacional das crianças.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA (26) DO JORNAL MEIO NORTE

Pacientes com necessidades especias do Centro de Integrado de Reabilitação (CEIR), receberam adaptações feitas de material reciclável que ajudarão na independência dos pacientes. O material utilizado são sobras de outras adaptações e é construído pela própria terapeuta ocupacional das crianças.

Com o objetivo de dar mais independência e melhorar a qualidade de vida, três pacientes portadores de necessidades especiais do Centro Integrado de Reabilitação (CEIR) receberam adaptações feitas de material reciclável. As adaptações são feitas de sobras das caixas das cadeiras do rodas e placas utilizadas na reabilitação, no qual são revestidas com papel impermeável para que tenham uma maior duração. Pressas à cadeira de rodas, a adaptação servirá como uma mesa que dará suporte tanto na hora das refeições como nas atividades escolares..

Apesar do baixo custo, a terapeuta ocupacional, Klycia Machado afirma que as adaptações são de suma importância para a reabilitação dos jovens. "Dando condições para o paciente realizar as atividades do dia-a-dia de forma adaptada, conseguimos melhorar a qualidade de vida dele. Com a mesa adaptada, o paciente consegue ter um maior apoio e economiza energia, pois ele se cansa facilmente", explica. A terapeuta ressalta que as adaptações são individuais atendendo a necessidade de cada um.

Em seis anos, a CEIR já atendeu cerca de 607 mil pacientes, oferecendo tratamento de reabilitação, adaptação e exames. De janeiro até maio foram cerca de 56 mil atendimentos.











Fonte: Rhauan Macedo