Pai deve ser indiciado pelo caso do "menino no balão" nos EUA. Veja!

Balão foi perseguido ao longo de 100 km sendo acompanhado ao vivo por várias emissoras de TV

Richard Heene, o pai de Falcon Heene, 6, que ficou conhecido como o "menino do balão" depois que foi anunciado, na quinta-feira (15), que ele estaria dentro de um balão desgovernado que sobrevoou o Colorado, nos EUA, será indiciado em relação ao incidente. A informação é da rede de TV CNN, que cita fontes da polícia local.

O site do jornal "Denver Post" também informa em sua página principal que acusações formais devem ser feitas contra o pai do menino, sem especificar quais seriam elas.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, o xerife do Condado de Larimer, Jim Alderden --que anteriormente dizia acreditar que a versão apresentada pela família era verdadeira-- confirmou que acusações formais serão feitas em breve com relação ao episódio, sem fornecer maiores detalhes. Ele negou que Richard e sua mulher, Mayumi Heene, estejam detidos, e afirmou que uma coletiva de imprensa será dada na manhã deste domingo.

O casal passou grande parte da tarde deste sábado prestando esclarecimentos à polícia. O pai do garoto negou várias vezes publicamente que o episódio tenha sido uma farsa.

O balão foi perseguido ao longo de 100 quilômetros no norte do Colorado, sendo acompanhado ao vivo por inúmeras emissoras de TV. Cerca de cinco horas depois, Falcon apareceu são e salvo no sótão da garagem de sua casa, onde estava o tempo todo.

Segundo a versão da família, ele tinha desaparecido depois de levar uma bronca de seu pai. Quando soltaram o balão, o filho mais velho, Bradford, afirmou que o menino estava lá dentro.

A busca por Falcon mobilizou os serviços de emergência e as autoridades de aviação, chegando a interromper as operações no aeroporto de Denver.

Suspeitas

As primeiras suspeitas de farsa surgiram depois que, durante uma entrevista da família Heene a um canal de TV, Falcon foi perguntado por seu pai por que não respondia quando era chamado e respondeu: "Você disse que fizemos isso para um programa".

A essa declaração se juntam algumas novas revelações sobre outros episódios protagonizados pela família Heene.

O pai, Richard, é um cientista amador que é caçador de tempestades e há tempos promovia uma ideia para um reality show televisivo.

Richard Heene --que durante sua juventude viveu em Hollywood para tentar, sem sucesso, uma carreira como comediante-- queria desenvolver um programa sobre "os mistérios da ciência" e tinha apresentado suas propostas a vários canais e produtoras, sem receber retorno.

O canal de televisão TLC revelou que Heene tinha apresentado um projeto à empresa, que foi rejeitado.

No começo da manhã deste sábado, Richard Heene saiu de sua casa, na cidade de Fort Collins, para anunciar à imprensa que faria "um grande anúncio" ainda hoje.

Os Heene já tinham participado de episódios do reality show "Wife Swap" --no Brasil, "Troca de Esposas".

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br