Papa acende Círio da Paz e inicia celebrações de Natal

Durante o acendimento do círio, o papa não deu declarações nem leu discursos, apenas rezou pela paz no mundo

O papa Bento XVI acendeu hoje o Círio da Paz na janela de seu apartamento, que tem vista para a Praça de São Pedro, pouco depois que fosse descoberto, em uma tarde chuvosa, o Portal de Belém de tamanho natural construído no Vaticano.

A inauguração do portal e o acendimento do círio são os dois ritos tradicionais com que é dado início às celebrações natalinas no Vaticano, onde às 22h (hora local) desta noite o papa celebrará na Basílica de São Pedro a Missa do Galo. A decisão de antecipar em duas horas a missa é para que o pontífice, que tem 82 anos e amanhã precisará oficiar os ritos do Natal, não se canse.

Durante o acendimento do círio, o papa não deu declarações nem leu discursos, apenas rezou pela paz no mundo e, com a vela, fez o sinal da cruz. Depois com a mão cumprimentou e abençoou os presentes na praça. O Portal de Belém foi inaugurado pelo cardeal Angelo Comastri, vigário para a Cidade do Vaticano, entre cantos de crianças e músicas de Natal.

O Nascimento está novamente ambientado na Belém daquela época e ocupa uma superfície de 300 metros quadrados, segundo informou o Vaticano. Ao lado do Portal foi colocada a tradicional árvore de Natal, este ano presente da região de Valônia (Bélgica) e inaugurada no último dia 18 por Bento XVI. A tradição de instalar um presépio na Praça de São Pedro, junto ao obelisco, começou em 1982 por desejo do papa João Paulo II e foi mantida por Bento XVI em seus quase cinco anos de Pontificado. Além do Portal de Belém da Praça de São Pedro, também foi instalado outro dentro da basílica vaticana e outro no apartamento do papa.

Fonte: Terra, www.terra.com.br