Papa atrai caravanas de piauienses para Jornada Mundial da Juventude

A poucos dias do seu início, a Jornada Mundial da Juventude promete ser um momento inesquecível para quem for

Papa atrai caravanas do PI para Jornada Mundial no RJ

?Ide e fazei discípulos entre todas as nações! (cf. Mt 28, 19)?. A pequena passagem bíblica é o lema da semana religiosa mais esperada por milhões de jovens do mundo todo.



Neste ano, a 28º edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), acontece entre os dias 23 e 28 de julho na cidade maravilhosa e pretende reunir mais de 2,5 milhões de jovens movidos pela fé e pela esperança de ver e viver em um mundo melhor.

Apesar de ser proposta pela Igreja Católica e ter como foco a juventude, o evento é um convite a todas as pessoas que têm este mesmo objetivo.

Sendo mais que um encontro de fé e tendo como foco principal, fazer com que toda a juventude do mundo conheça a mensagem de Cristo, a JMJ também marcará a primeira visita do Papa Francisco ao Brasil desde que assumiu o pontificado, em março de 2013.

Em apenas uma semana teremos a oportunidade de privilegiar este encontro que foi promovido, pela primeira vez, pelo Papa João Paulo II em 1984 e que a cada dois ou três anos acontece em um país diferente.

Para se ter uma ideia da dimensão do evento, a última edição da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha. Ela reuniu mais de 190 países e contou com cerca de dois milhões de jovens.

Faltando apenas cinco dias para o abertura do evento religioso no Brasil, a ansiedade, que já era grande para viver esta semana única em cada lugar que passa, torna-se maior entre os jovens que vão participar.

Seja de ônibus, avião, em grupos de mais de 40 pessoas, sozinhos, em duplas, ou grupos pequenos, a juventude começa a preparar as malas e o coração para viver este momento incrível.

Mas na hora da preparação da bagagem é importante ter muitos cuidados. Há orientações para levar apenas o necessário, já que pode ser melhor comprar lá o que faltou do que andar com malas pesadas.

Além disso, os jovens ficarão hospedados em vários locais diferentes: escolas, auditórios, casas, hoteis e por ai vai, por isso dependendo do lugar, deve-se levar sacos de dormir ou colchonetes.

O frio também será algo que poderá atrapalhar a viagem, caso não haja uma preparação, portanto, casacos, meias, blusas de frio serão indispensáveis. Outras dicas, você pode conferir na página oficial da JMJ e no site Jovens Conectados.

Quem vai para a Jornada, também tem a oportunidade de conhecer os encantos turísticos do país sede, que neste caso são as maravilhas do Rio de Janeiro, fazer novas amizades, participar de catequeses, testemunhos, partilhas, exemplos de amor ao próximo e à Igreja, festivais de música e atividades culturais.

Enfim, um encontro de corações que creem, movidos pela mesma esperança de que a fraternidade na diversidade é possível, que juntos a juventude e o Papa podem evangelizar o mundo.

?A JMJ é o maior encontro católico que valoriza o jovem e sua fé, já que os jovens são a força da nossa igreja?. - Valéria Camêlo.



Aos 45min do segundo tempo...

A professora de espanhol, Valéria Camêlo, por pouco não ficou de fora. A princípio ela não ia, mas quando começou a pensar em ir, não encontrou vagas pelas caravana e as que ainda surgiram foram para ir de ônibus, mas Valéria não estava afim de passar dois dias na estrada, porém no domingo retrasado, na igreja, ela, ao ouvir os seus amigos falarem dos últimos preparativos para a viagem, ficou com uma imensa vontade de se juntar ao grupo.

?Na segunda-feira seguinte, ao olhar o facebook, encontrei uma postagem de uma jovem do EJC dizendo que havia surgido vagas, então corri atrás, pois tinha quer ir no mesmo dia porque eu poderia perder a vaga. Tinha uma parte do dinheiro e liguei para a minha mãe que estava no centro para me arranjar o restante até eu receber meu dinheiro.

Ela deixou de pagar as contas para me emprestar. Fui no mesmo dia, cheguei até atrasada no trabalho para fazer essa inscrição?, completa.

Com respeito aos preparativos, já está quase tudo pronto e a expectativa é grande.

Valéria afirma que será uma semana abençoada, de serviço a Deus, com muita oração e com a oportunidade de ver o Papa, o maior representante da Igreja Católica.

?Também eu vou ter a oportunidade de conhecer um lugar novo, pessoas novas que vivenciam a mesma fé?, conta a professora, acrescentando que irá de ônibus, pela caravana da PJ (Pastoral da Juventude) da Arquidiocese de Teresina.

?A gente vai sair da Catedral (N.S. das Dores) ao meio-dia do dia 20, sábado, logo após a missa de envio, e retornaremos no dia 29 com previsão de chegada a Teresina entre o dia 30 à noite e o dia 31 de madrugada?.

Valéria também se sente uma felizarda por participar do evento e vê a Jornada Mundial da Juventude como uma ótima oportunidade para o turismo brasileiro e uma forma de praticar o Espanhol, disciplina na qual é professora.

Fonte: Tatiara de França e Flávia araújo