Para chegar aos jovens, governo cria "dia D" contra gripe suína

Para atingir pelo menos 80% desse público, o Ministério da Saúde vai intensificar a campanha

São Paulo - A terceira etapa da estratégia nacional de vacinação contra a gripe suína começou ontem com baixa procura dos jovens com idades entre 20 e 29 anos. Para atingir a meta de imunizar pelo menos 80% desse público, formado por 35,1 milhões de brasileiros, o Ministério da Saúde vai promover no sábado uma espécie de "dia D" da campanha.

Em todo o País, postos de saúde estarão abertos e Estados e municípios deverão montar estruturas móveis de vacinação em locais de grande circulação. "Ir ao encontro desse público é fundamental", diz o epidemiologista José Cássio de Moraes, da Santa Casa de São Paulo. "A maioria dos jovens trabalha e/ou estuda em horário comercial e tem dificuldades para ir até o serviço de saúde durante a semana." A terceira fase acaba dia 23.

Desde o início da campanha, as 115 unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) de São Paulo já aplicam a vacina aos sábados e feriados, das 8 horas às 18 horas. No "dia D", as 434 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital também funcionarão, das 8 horas às 17 horas, e a Secretaria Municipal da Saúde montará 115 pontos em shopping centers, supermercados e igrejas, entre outros locais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

Fonte: UOL