Participantes de rachas podem pegar até 15 anos de prisão

Participantes de rachas podem pegar até 15 anos de prisão

A nova Lei ainda vai ser analisada pelo Senado Federal.

Rachas ou pegas têm como participantes jovens em busca de autoafirmação e/ou popularidade. Um dos casos que mais estarreceu o Piauí foi o do jovem Lucas Amâncio, 19, que no dia 18 de julho de 2013 atropelou e esmagou o motoqueiro Raimundo Mesquista de Oliveira. O acidente aconteceu no bairro Marquês, zona Norte de Teresina.

De acordo com populares, o motorista estava disputando um pega com um veículo tipo Pálio, por volta das 5h quando atropelou Raimundo. O acidente aconteceu na Alameda Paraníba. O carro de Lucas marcava 220 Km/h.

A Delegacia do Trânsito indiciou o motorista e o caso ainda vai a julgamento.

A constante ocorrência por meio de rachas e impunidade para os envolvidos motivaram a Câmara dos a endurecerem as penalidades. Agora, quem participa de rachas pode pegar de seis meses a três anos de prisão. Com isso, o crime passa então a ter um alto potencial ofensivo. Se o pega tiver vítimas, a pena pode chegar a oito anos de prisão e se tiver morte, 15 anos de prisão.

Fonte: Denison Duarte