"Passou por cima do meu filho e foi embora", diz mãe sobre homem que tentou fugir após atropelar

"Passou por cima do meu filho e foi embora", diz mãe sobre homem que tentou fugir após atropelar

Emocionada, mãe do menino morto em atropelamento fala sobre a tragédia

Fabiana Cristina Teixeira tenta se recuperar da dor da perda do filho na casa de familiares. Mateus Teixeira Canalonga, de cinco anos, morreu após ser atropelado por um carro desgovernado na Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro, no último sábado (3).

Ela havia pedido folga do trabalho para passar o dia com o filho. Ao parar para cumprimentar um casal de amigos, foi supreendida com o impacto do veículo.

? Quando percebi, o carro já estava em cima de mim. Eu vi meu filho se desmembrando na minha mão. Em momento algum, ele [motorista] mostrou que iria prestar socorro. Passou por cima do meu filho e foi embora.

Testemunhas que presenciaram o acidente ajudaram a levar o menino para um hospital do bairro.

Em nota, a Polícia Civil informou que o motorista foi identificado como Antônio Pereira dos Santos, de 33 anos. Testemunhas do atropelamento agrediram e incendiaram o motorista, que foi hospitalizado. Ele teria se envolvido em um outro acidente momentos antes do atropelamento.

Internado em estado grave, o motorista é mantido sob custódia da polícia. Nesta segunda-feira (5), parentes de Antônio estavam na frente do hospital Maria Madalena, na Ilha do Governador, mas não aceitaram dar entrevista.

O homem será indiciado por homicídio culposo, lesão corporal culposa e fuga do local do crime. A polícia fará uma investigação para identificar os agressores do motorista.

Assista ao vídeo:

Fonte: r7