Peão morto em rodeio é enterrado no interior de SP

Peão morto em rodeio é enterrado no interior de SP

Cerimônia ocorreu em Tupã, cidade natal do peão

Foi enterrado neste sábado (22) em Tupã, no interior de São Paulo, o corpo do peão de rodeio que morreu pisoteado por um touro em Hortolândia. A família de Agenor Carlos dos Santos, de 35 anos, viajou de Campinas para fazer a cerimônia onde ele nasceu.

Ele participava de rodeios e conciliava a profissão de peão com um outro trabalho na cidade de Campinas. Segundo a irmã dele, a família nunca aprovou.

O acidente ocorreu depois de três segundos em cima do animal. O peão foi derrubado. E, após a queda, o touro com cerca de 800 kg atingiu o corpo dele com várias patadas, inclusive um pisão no tórax que pode ter sido o ferimento fatal.

Willian Fernandes também participou do rodeio e viu o amigo sendo socorrido. Reinaldo da Silva, também amigo da vítima, era companheiro de profissão. Para ele, foi uma fatalidade, já que montar em touros é arriscado.

A família deve receber um seguro de vida no valor de R$ 120 mil. A polícia abriu inquérito para investigar o caso. Segundo a organização da festa, ele usava os equipamentos obrigatórios de segurança, como colete e capacete. A organização ainda tem três alvarás: dos bombeiros, da prefeitura e do Tribunal de Justiça.

Fonte: g1, www.g1.com.br