Pesquisa sobre descoberta da defesa do corpo resulta em Nobel

Pesquisa sobre descoberta da defesa do corpo resulta em Nobel

Bruce Beutler, Jules Hoffmann e Ralph Steinman foram os escolhidos.

O cientista norte-americano Bruce Beutler, o francês Jules Hoffmann e o canadense Ralph Steinman receberam o Nobel de medicina de 2011 por pesquisas sobre como o sistema de defesa do corpo humano reage a ameaças como vírus, bactérias e fungos. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (3) em Estocolmo, na Suécia.

Segundo o comitê do Instituto Karolisnka, o trabalho premiado este ano foi importante para o conhecimento sobre o sistema de defesa do corpo humano e quais os princípios que facilitam o seu funcionamento. Essas pesquisas possibilitaram novas formas de terapia contra infecções, câncer e doenças inflamatórias.

Beutler e Hoffman receberam o prêmio por desvendarem como a primeira linha de defesa do corpo detecta os "invasores". Esta linha é a primeira a atacar micro-organismos que entram nas pessoas e causam doenças. Para impedir a ação desses parasitas, esta linha de defesa pode provocar inflamações.

Já Steinman foi lembrado pelo Instituto Karolinska pois estudou o último estágio dessa resposta do corpo a ameaças. Ele descobriu um tipo de célula chamada dendrítica, que são responsáveis por expulsar os parasitas do corpo definitivamente.

Beutler, do instituto de pesquisa Scripps, e Hoffmann, ex-diretor da Academia Francesa de Ciências, vão dividir 10 milhões de coroas suecas. Já Steinman, membro da Universidade Rockfeller, nos Estados Unidos, vai receber sozinho o mesmo valor, que equivale a R$ 2,7 milhões.

Os próximos prêmios a serem anunciados ainda nesta semana serão o de física, química, literatura e da paz. No dia 10, serão conhecido o vencedor na categoria economia. O prêmio Nobel, a principal celebração científica do mundo, é realizado desde 1901 e foi idealizado por Alfred Nobel, o inventor da dinamite.

Fonte: g1, www.g1.com.br