PI: Vigilância Sanitária orienta sobre a interdição de achocolatado

Alimento foi interditado pela Anvisa após morte de criança

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) determinou por medida cautelar, através da publicação da RE Nº 2333, a interdição em todo o território nacional, do lote nº 21:18, com validade de 21 de novembro de 2016, da Bebida Láctea UHT, sabor chocolate, 200ml, da marca Itambezinho, fabricada pela Itambé Alimentos S/A.

A medida foi motivada por óbito de uma criança, uma hora após a ingestão do produto, com relato de mais dois consumidores afetados na mesma residência, em Cuiabá/MS.

No Piauí, a Diretoria de Vigilância Sanitária do Estado (DIVISA) está orientando os municípios para que façam a interdição cautelar do lote indicado nos estabelecimentos comerciais.

“É uma medida de precaução, uma vez que as investigações ainda estão sendo realizadas”, explicou a diretora da DIVISA, Tatiana Chaves.

De acordo com informações da Vigilância Sanitária municipal de Oeiras, mais de 900 unidades do produto já foram interditadas, em apenas dois supermercados do município. “Os fiscais lacraram os produtos e foram segregados em depósitos dos próprios supermercados”, disse a coordenadora da Visa de Oeiras, Lívia Rego.

Em caso de dúvida, os consumidores poderão entrar em contato com as vigilâncias sanitárias municipais ou através do e-mail [email protected].

Fonte: Portal Meio Norte