Piauí é quarto melhor do país no simulado Hora do Enem

Estado também obteve a melhor colocação no Nordeste

O Piauí obteve o primeiro lugar no Nordeste na terceira edição do simulado Hora do Enem. No plano nacional, o estado ficou na quarta colocação, atrás apenas de Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Os estudantes piauienses conseguiram nota média de 520 pontos, bem acima da média nacional, que foi de 507 pontos.

A prova foi aplicada no início de setembro e contou com a participação de mais de 400 mil pessoas de todo o país. A última edição do simulado estará disponível a partir do dia 9 de outubro.

Os 2.477 alunos do Piauí que realizaram a prova mantiveram-se acima da média nacional em todas as matérias cobradas no simulado. Grande parte é da rede pública estadual, mantida pela Secretaria de Estado da Educação.

A secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, comemora o resultado. "A principal missão da Seduc é promover o Ensino Médio Público. O objetivo desse nível de ensino é formar o cidadão para vida e capaz de disputar uma graduação, na profissão e carreira que deseja seguir. O Enem é hoje a principal porta de entrada para a Universidade pública e aos programas de financiamento do ensino superior. Portanto, temos que fazer o nosso melhor para garantir as condições para que nossos alunos sejam capacitados para alcançar esses objetivos", declarou.

Hora do Enem (Crédito: Reprodução)
Hora do Enem (Crédito: Reprodução)

O simulado, desenvolvido pelo Geekie Games e oferecido pelo Ministério da Educação e pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), é disponibilizado gratuitamente para os estudantes do país. Para participar, os interessados devem acessar o site: www.geekiegames.com.br e fazer um cadastro simples na tela inicial.

Enem Seduc
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realiza desde o início do ano o Pré Enem Seduc. O programa tem o objetivo de promover alternativas, além do Ensino Médio Regular, para reforçar conteúdo educacional aos alunos das escolas públicas estaduais que irão prestar o Exame. O Pre Enem Seduc acontece por meio de quatro ações distintas: Preparatório Enem do Canal Educação, Seduc/Enem Online, Revisões de Auditório Transmitidas e Aulas para Áreas Específicas.

Este ano, a Seduc vai montar postos de apoio para os estudantes da rede estadual nos locais de prova e estuda formas de garantir os transporte dos alunos até os locais de prova, em Teresina e no interior.

O Pré-Enem Seduc
Programa da Secretaria de Estado da Educação com objetivo de promover alternativa de reforço do conteúdo educacional aos alunos das escolas públicas estaduais que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ocorre por meio de quatro ações distintas:

Preparatório Enem (Canal Educação):
Aulas aos sábados e domingos, por meio do Canal Educação, para estudantes da rede pública estadual de ensino. As disciplinas serão ministradas por professores renomados em Teresina e especialistas na resolução das provas do Enem.
As aulas são transmitidas ao vivo do estúdio do Canal Educação e são transmitidas para 268 escolas, em 180 municípios. Os estudantes podem fazer questionamentos ou tirar dúvidas durante as apresentações.

Seduc/Enem Online
Aplicativo para celular, tablet e computador para repassar conteúdo e comunicação com professores. Pelo App será possível:
Ter acesso aos cadernos para cada disciplina do Enem;
Poder baixar o material para leitura off line;
Assistir vídeos com aulas ministradas por professores renomados;
Realizar testes com correção das questões;
Enviar dúvidas para serem respondidas pela equipe do Canal Educação.

Revisões de Auditório Transmitidas
Revisões em grandes espaços que ocorrem simultaneamente na capital e algumas cidades do interior, que também serão transmitidas pela TV e pelo Canal Educação. A Seduc está realizando 6 grandes revisões em Teresina até a data do Enem. Mais 6 revisões acontecem nas cidades do interior. Os eventos terão o objetivo motivacional, de repassar conteúdo das disciplinas e orientar os alunos sobre as provas.

Turmas específicas:
Abertura de turmas para áreas específicas da prova do Enem: natureza, humanas e saúde.

Fonte: Portal Meio Norte