Piauí mantém redução de casos de dengue e aumento de chikungunya

Foram notificados 1995 casos de chikungunya no primeiro semestre

De janeiro ao dia 3 de agosto, o Piauí notificou 1.995 casos de chikungunya, em 37 municípios, um aumento de 670,3%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 259 casos, em seis municípios, sendo quatro confirmados laboratorialmente. Em 2016, são 659 confirmados por laboratório. O boletim 30ª Semana Epidemiológica foi apresentado pela Sala Estadual de Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia, da Secretaria de Estado da Saúde.

Os casos de dengue tiveram redução de 33,4%: em 2016, foram 4.753 casos notificados; em 2015, foram 7.141. Apesar de mantém a redução, a cada semana epidemiológica há um decréscimo percentual dos casos, que ao final de março(dia 30) foi de 68,33% de redução. Na última semana, a redução foi de 34,5%, ou seja, a cada semana, vai diminuindo esse percentual.

Teresina(2.662), Cocal(219), Picos(186), Simões(182) e Caldeirão Grande(91) foram os municípios com maior número de casos prováveis notificados de dengue.

Em relação ao zika, foram notificados 333 casos, em 31 municípios, sendo que cinco foram confirmados. Em 2015, foram quatro casos em Teresina.

Microcefalia

O Piauí notificou 179 casos suspeitos de microcefalia, sendo dois confirmados por zika vírus e 90 com exames sugestivos para processo infeccioso, 13 estão em investigação e 74 foram descartados como processo infeccioso.

Os casos foram notificados em 71 municípios, sendo que Teresina(63), Parnaíba(11), Barras(06), Altos (04), José de Freitas(05) e Piripiri (04) foram os que tiveram o maior número de notificação.

Fonte: Portal MN