Piauí reduz em mais de 40% os casos de dengue

Secretaria de Saúde divulgou relatório semanal dos casos de dengue

A atualização do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde aponta uma redução de 40,2% nos casos de dengue em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados referem-se ao período de janeiro a 29 de junho.

No período, foram registrados 4.106 casos suspeitos de dengue em 147 municípios piauienses. Teresina, Cocal, Picos e Marcolândia registraram os maiores números de notificações.O supervisor do Programa de Controle a Dengue, Antônio Emanuel, explica que a Secretaria vem realizando um trabalho de intensificações das ações de combate à dengue, zika e chikungunya, com a orientação que os agentes de saúde realizam visitas mensalmente, o que antes eram realizados a cada dois meses.

“Atribuímos esse resultado ao apoio que temos da sociedade, das instituições estaduais que através delas estão mobilizando as escolas do estado, fazendo caminhadas e campanhas de conscientização, alertando a população sobre as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti".

Quanto aos dados de zika e chikungunya, o Piauí registrou 322 e 531 casos suspeitos, respectivamente.

A população deve manter as medidas de prevenção, como verificar se a caixa d’água está bem fechada, não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada, não acumular água em vasilhames, colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas que auxiliam no controle da doença.

Microcefalia

Sobre os registros realizados de microcefalia, no Piauí foram notificados 173 casos suspeitos associados a processo infeccioso. Destes, 87 foram confirmados como processo infeccioso, sendo que dois relacionados ao zika vírus, treze estão em investigação e 73 descartados. Os municípios com os maiores números de casos notificados foram: Teresina (61), Parnaíba (11) Barras ( 06), Altos (04) ,José de Freitas (05) e Piripiri (04) .

Fonte: Portal Meio Norte