Piauí reduz número de casos de dengue

Estado registrou uma redução de 31,4% em relação a 2015

De janeiro ao dia 28 de setembro deste ano, o Piauí notificou 2.150 casos de chikungunya, em 70 municípios, sendo 1.077 confirmados. O boletim 38ª Semana Epidemiológica foi apresentado pela Sala Estadual de Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia, da Secretaria de Estado da Saúde.

Os casos de dengue prováveis em 2016 foram de 5.066, uma redução de 31,4% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram registrados 7.352 casos. Em 2016 tivemos 3.196 casos confirmados e em 2015 foram 6.126 confirmados no mesmo período.

Teresina (2.940), Cocal (219), Simões (182), Picos (103) e Parnaíba (94) foram os municípios com maior número de casos prováveis notificados de dengue. Com relação a incidência, o município de Caldeirão Grande do Piauí apresenta o maior percentual da doença, com 1.603,8 casos por 100 mil/há. Vêm em seguida Simões (1.262,9), Marcolândia (1.030,4), Cocal (804,3) e Cajueiro da Praia (778,4).

Em relação ao zika, foram notificados 243 casos, em 30 municípios, sendo que seis foram confirmados. Em 2015, foram três casos confirmados.

Microcefalia

O Piauí notificou 188 casos suspeitos de microcefalia, sendo dois confirmados por zika vírus e 97 com exames sugestivos para processo infeccioso, sete estão em investigação e 82 foram descartados como processo infeccioso.

Os casos foram notificados em 73 municípios, sendo que Teresina(66), Parnaíba(11), Barras(06), Altos (04), José de Freitas(05) e Piripiri (04) foram os que tiveram o maior número de notificação.

Fonte: Portal Meio Norte