Piauí registra aumento de 11% nos casos de microcefalia

No boletim da semana passada o Estado havia registrado 53 casos

O Piauí registrou nesta terça-feira (12) um aumento de 11% nos casos suspeitos de microcefalia relacionada ao vírus zika com relação à última semana epidemiológica.

No boletim da semana passada o Estado havia registrado 53 casos, já nessa foram 62 casos em 21 municípios do Estado. O número de óbitos com suspeita de relação com a doença permaneceu o mesmo, dois casos.

Segundo a gerente de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Miriane Araújo, a tendência para as próximas semanas é se manter ascendente o registro desses casos.

“Alguns fatores contribuem com esse aumento, como o acesso à informação por parte das gestantes que começaram a buscar atendimento direcionado para a detecção da doença”, disse.

Outro fator mencionado pela gerente foi a capacitação técnica dos profissionais de saúde para imprimir a investigação diagnóstica da doença.

“Desde o início da implantação do Plano Estadual de Prevenção e Controle da Dengue, Chikungunya, Zika e Microcefalia temos feito treinamento de equipes de saúde em vários municípios, dando prioridade aos que apresentaram casos de microcefalia com suspeito de ter relação com o zika vírus”, explica.

Nos próximos dias, técnicos da Secretaria de Estado da Saúde percorrerão cidades do sul do Estado para dar continuidade à implantação do Plano emergencial, realizando estudos de casos, assessorando gestores e treinando os profissionais de saúde das unidades de saúde dos municípios.

Fonte: CCOM