Piauienses mortos em São Paulo são alvos de comentários racistas

"Ver dois pretos na madrugada qualquer um ia passar por cima"

O caso dos piripirienses mortos após serem atropelados em São Paulo ainda está dando o que falar. No último domingo (18), dois trabalhadores da cidade de Piripiri foram mortos ao serem atropelados por uma motorista embriagada enquanto pintavam uma ciclofaixa na cidade de São Paulo.

Após pagar uma fiança de R$ 15 mil reais a mulher foi liberada pela Justiça. A soltura da acusada causou revolta na família, mas não foi só o atropelamento que foi alvo principal das vítimas, muitos comentários racistas estão sendo lançados na internet sobre Hairton Andrade e Raimundo Barbosa.

Valdênia Silva, irmã de Raimundo, procurou um site local do município de Piripiri para denunciar a origem de comentários racistas feitos para as duas vítimas. Segundo ela, a família repudia a atitude desse tipo de pessoa. Os comentários foram feitos em uma matéria do site G1.

“Imagine ver dois pretos no meio da rua 2 horas da madrugada? Qualquer um passaria por cima de medo”, escreveu uma internauta de nome Alyne Costa. “São terríveis, já não basta tudo que estamos sofrendo, ainda tem gente que encontra mais formas de sofrimento”, disse a irmã da vítima.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do site Piripiri Reporter