PM mostra redução no roubo de carros e assaltos ao comércio em THE

Foram realizadas, na capital, perlo menos 348 operações.

O trabalho ostensivo da Polícia Militar do Piauí em 2015 resultou em números recordes no que diz respeito à apreensão de drogas e armas, e redução de ocorrências cotidianas, como assaltos e roubo de veículos.

PM mostra redução no roubo de carros e assaltos ao comércio
PM mostra redução no roubo de carros e assaltos ao comércio

Em Teresina, o atendimento à população, por meio do Centro de Operações Policiais Militares (Copom), foi acrescido em 12%. No ano passado foram atendidas 47.237 ocorrências, em 2015 esse número chegou a 53. 055, atestando o trabalho ostensivo realizado pela PM na capital. No que diz respeito ao número de assassinatos, a meta da polícia era reduzir as ocorrências em 5%. A redução, porém, atingiu os 15%, triplicando a queda estipulada. Os dados revelam uma reversão do crescimento no número de assassinatos, que apresentava uma curva ascendente desde 2010.

Outro dado positivo registrado pela PM é referente ao roubou a comércios em Teresina. Um total de 686 casos foi registrado, número 20% menor do que os 856 casos apontados em 2014. O número de roubos a veículos registrou queda de 3%.  “Esse é um número interessante. Nós vamos buscar, em 2016, continuar essa tendência de queda no número de roubo de veículos na capital”, ressaltou o comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto.

Ainda no que diz respeito a roubo de veículos, a Polícia Militar conseguiu recuperar 26% a mais de carros do que no ano anterior. Foram recuperados 1.353 veículos em 2014 e em 2015 esse número pulou para 1.706, 73% dos carros tomados de assalto em Teresina.

“Outro dado importante, em que PM focou seu trabalho este ano, foi a apreensão de armas de fogo. Foram apreendidas ano passado 414, enquanto este ano, só na capital, 495 armas de fogo. Um aumento de 19% no número de apreensões”, reforçou o comandante.

Os dados de apreensões de drogas refletem a ida da Polícia Militar aos distritos. Ano passado, a PM foi 258 vezes à Central de Flagrantes, ou distritos; este ano, o mesmo se repetiu 380 vezes, um aumento de 47% de ocorrências envolvendo apreensão de drogas na capital.

Ao todo, foram realizadas, na capital, 348 operações com o objetivo de fortalecer o policiamento ostensivo em Teresina.

Maior atuação no interior do estado


No interior, outros dados demonstram uma maior atuação da PM no combate às principais ocorrências. Os registros de roubos a bancos caíram em 66% em todo o Piauí, número que atesta uma maior atuação da polícia. Furtos a agências dos Correios também registraram queda, um total de 5%. Outra área que registrou recorde, em 2015, a apreensão de armas de fogo aumentou 75%, se comparado a 2014

Fonte: Ascom