PM recebe mais de R$ 21 mi em investimentos no Estado

A soma dos recursos, conquistados nos últimos dois anos e meio, representa o maior investimento registrado na história da corporação

De acordo com levantamento da Diretoria de Apoio Logístico da Polícia Militar (DAL/PMPI), de 2011 até agora, já foram investidos, aproximadamente, R$ 6.106.405,00 na aquisição de novos fardamentos; R$ 6.532.204,00 na manutenção e ampliação da frota de veículos; R$ 5.512.003,00 para a aquisição de materiais bélicos, equipamentos de proteção individual e manutenção de policiamento ostensivo; R$ 1.016.646,00 em reformas e ampliações das unidades; R$ 1.356.911,00 para a formação e capacitação de pessoas e R$ 1.163.780,90 com despesas materiais permanentes, a exemplo de mobílias.

Para ressaltar os resultados desses investimentos, o comandante geral da PM, coronel Gerardo Rebelo, fala que a Polícia Militar tem avançado em todas as áreas, seja na logística, no campo operacional, de comunicação, recursos humanos, capacitação e treinamento, bem como nos serviços de prevenção e tratamento da saúde do policial. Além disso, Rebelo destaca o aumento salarial histórico que a corporação recebeu durante a atual gestão estadual. ?O governador estabeleceu um plano de cargos e carreira, que em quatro anos, o menor reajuste salarial concedido para a categoria será de 78%, podendo chegar até 111%. Este é o maior aumento da história da Polícia Militar do Estado do Piauí?, destaca.

Promoções de praças triplicaram

Dentre os incentivos voltados à carreira profissional, o Governo do Estado triplicou o número de promoções dos cabos e sargentos nos quadros da PM, melhorando assim as condições de trabalho. Com as alterações na Lei das Promoções sancionadas fica garantido que, anualmente, 480 soldados serão promovidos através de cursos de formação. Antes, a mesma legislação permitia um número de até 160 soldados promovidos ao ano para desempenhar as mesmas funções. ?A meta é que, até abril do ano que vem, mil novos soldados sejam promovidos a cabos. Ou seja, oportunizando pessoas de 25 anos de idade, por exemplo, que antes não tinham perspectiva de serem promovidas e agora podem, de forma legal?, ressalta o comandante Gerardo Rebelo.

Já para o governador Wilson Martins, os investimentos aplicados na corporação vislumbram aumentar a segurança da população e reduzir os índices de criminalidade no Estado. ?Ao longo dos últimos meses estamos realizando grandes investimentos na área da Segurança, através da aquisição de viaturas e equipamentos de comunicação, expansão do quadro efetivo de policiais, bem como a ampliação de programas como o Ronda Cidadão e o Guardião Eletrônico. Assim, aproximamos a Polícia da comunidade, transmitindo a ela uma maior sensação de segurança, além de diminuir os índices de criminalidade onde os programas de policiamento estão sendo desenvolvidos?, pondera.

Reformas melhoram condições de trabalho da PM

Quando o assunto é infraestrutura, a Polícia Militar do Piauí está renovada. Segundo o comandante geral da PM, coronel Gerardo Rebelo, o 5º BPM, 6º BPM, 8º BPM e a Companhia do Promorar foram reformados recentemente.

?Instalamos o 13º BPM no Residencial Jacinta Andrade, melhoramos as condições do CFAP [Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças], a exemplo da iluminação do campo de futebol, e estrutura dos vestiários e banheiros?, cita.

Além disso, o governador Wilson Martins autorizou a reforma de mais de 100 Grupamentos da Polícia Militar (GPMs), instalados no interior do Piauí, e algumas obras já estão em andamento. Há projetos também para reforma hidráulica e renovação da pintura do Batalhão da Rone, e instalação e modernização da nova corregedoria da PM.

?Este órgão vai sair do Quartel do Comando Geral para um imóvel próximo aos Cabos e Soldados, no bairro Ilhotas.

Com isto colocamos a corregedoria numa área mais civil para facilitar o acesso da população que deseje fazer qualquer denúncia de desvio de conduta dos nossos PMs?, pontua.

Com a finalidade de ampliar a eficiência do policiamento ostensivo no Piauí e garantir maior segurança à população, o governador Wilson Martins autorizou a realização de concurso público para a Polícia Militar. O edital do certame deve ser divulgado até o final desse mês e oferecerá 430 vagas, sendo 400 para o cargo de soldado e 30 para o de oficial.

A banca organizadora do concurso é o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe). Para o cargo de soldado é exigida a conclusão do Ensino Médio, por outro lado, para concorrer uma vaga de oficial da PM é preciso ser bacharel em Direito. Os salários iniciais são de R$ 2.100,00 e R$ 3.000,00, respectivamente.

Fonte: Jornal Meio Norte