PM vai realizar levantamento de ocorrências próximas ao viaduto da Higino Cunho

Nos últimos dias, vários motoristas tem relatado nas suas páginas nas redes sociais que estão sendo vítimas de pessoas que jogam pedras nos carros

A Polícia Militar vai realizar um levantamento das ocorrências que vem sendo registradas na Avenida Marechal Castelo Branco, abaixo do viaduto da Avenida Higino Cunha. Nos últimos dias, vários motoristas tem relatado nas suas páginas nas redes sociais que estão sendo vítimas de pessoas que jogam pedras nos carros que passam pela região.

O comandante de policiamento da capital, Coronel Antônio Alberto, afirmou que ainda não recebeu nenhuma notificação oficial do fato e que está sabendo das ocorrências pela imprensa, por isso, a necessidade do levantamento. ?Vou ver todas as notificações geradas no Copom, nos últimos dias e ver também no Distrito Policial da área, para saber se algum Boletim de Ocorrência já foi registrado lá. Isso é necessário para sabermos onde, como e quais horários isso está sendo realizado. Só depois disso, nós podemos fazer um planejamento para colocar nosso policiamento naquela área?, disse.

O alerta do coronel é para que as pessoas que sejam vítimas desses ataques não parem, após perceberem que foram atingidos. Os motoristas devem acelerar e sair do local o mais rápido possível, segundo o coronel. Depois disso, o condutor do veículo deverá ligar para o 190, para registrar a ocorrência. ?Nem sempre as pessoas conseguem uma ligação de imediato ao 190, pois esse é um telefone que é procurado por todos os teresinenses, então é normal essa demora. De acordo com a urgência do caso, as pessoas podem ligar para o meu telefone (8858-1295) ou nos procurar no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar?, pontuou.

ACOMPANHE A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DE TERÇA (06/05) DO JORNAL MEIO NORTE.

Fonte: Pollyanna Carvalho