Polícia vai apurar se humorista Fausto Fanti cometeu suicídio por causa de fim de casamento

Polícia vai apurar se humorista Fausto Fanti cometeu suicídio por causa de fim de casamento

O corpo de Fausto foi encontrado, na tarde de quarta-feira no apartamento onde ele morava

A Polícia Civil de São Paulo instaurou inquérito para apurar o que levou o humorista Fausto Fanti Jasmin, de 35 anos, a se matar, na quarta-feira (30), em seu apartamento na Zona Oeste da capital paulista. A informação é do delegado, Willian Moitinho Navarro, titular do 23º Distrito Policial, em Perdizes, onde o caso foi registrado como "suicídio consumado".

Em entrevista, o delegado disse nesta quinta-feira (31) que o comediante morreu ao se enforcar com um cinto preso à janela do banheiro. Ele foi encontrado nu pela mulher, um amigo e o zelador do prédio.

"Esse caso está sendo tratado como suicídio pelo que constatamos no local", disse Navarro. "Instauramos inquérito para apurar as causas do ocorrido".

Entre as hipóteses investigadas pela polícia para tentar explicar o suicídio, estão a de que Fausto se matou porque estaria se separando da mulher Karla Peixoto Sento Sé.

Segundo os investigadores, moradores e amigos do humorista disseram informalmente aos policiais que o casal estaria pensando em se separar. "Vamos apurar se o roteirista se matou por causa de uma separação que estaria ocorrendo entre ele e a mulher", disse o delegado. "Em conversas informais, moradores e amigos do roteirista disseram que ele estava muito triste ultimamente em razão dessa suposta separação."

Os próximos passos da investigação serão os de chamar a mulher de Fausto, seus amigos e parentes para que eles prestem depoimentos sobre o que poderia ter motivado o comediante a se suicidar. "Isso deverá ocorrer nos próximos dias. Vamos respeitar o luto deles primeiro", disse Navarro.

São aguardados os resultados dos laudos necroscópico e toxicológico para determinar a causa da morte de Fausto, por exemplo, asfixia, e saber se ele ingeriu alguma substância tóxica.

Cinto

De acordo com a polícia, o corpo de Fausto foi encontrado, na tarde de quarta-feira no apartamento onde ele morava, na Rua Doutor Paulo Vieira, pelo amigo Adriano Pereira da Silva, que interpretaria o personagem cômico Joselito. Adriano tinha ido ao prédio a pedido de Karla.

Na quarta-feira, o humorista não foi buscar a filha Nina, de 8 anos, na escola. A direção teria ligado para a mãe da criança. Como o pai da menina não atendia as ligações da mulher, ela resolveu telefonar para Adriano ir ao apartamento.

Chegando ao local, Adriano encontrou o porteiro José Arimatéia. Os dois foram ao apartamento de Fausto, mas a porta estava trancada. Eles chamaram um chaveiro, quando Karla chegou e abriu a porta. Ao entrarem, eles não encontraram o humorista. Foram ao banheiro e a porta também estava trancada. Para entrar, a arrombaram e encontraram o comediante nu, sustentado por um cinto em volta do pescoço e preso à janela. Policiais militares foram chamados em seguida para atender a ocorrência.

Investigadores chegaram a cogitar a possibilidade de Fausto ter morrido em razão de uma asfixia autoerótica, como teria ocorrido com o ator David Carradine, em 2009, mas essa hipótese foi descartada após eles conversarem com amigos do humorista, que relataram problemas conjugais como a causa mais provável para o suicídio.

A morte do comediante repercutiu na internet, com mensagens de pesar, apoio aos familiares de Fausto e elogios à carreira dele. Tatá Werneck, Fernanda Paes Leme, Marcos Mion e Danilo Gentilli foram alguns dos artistas que usaram as redes sociais na web para se manifestar.

Hermes & Renato

A carreira de Fausto como humorista deslanchou nos anos 1990 na MTV Brasil com o Hermes & Renato. Em 1999, ele e Marcos Alves, que interpretava Hermes, enviaram uma fita de comédia da dupla para a emissora, com sede em São Paulo. Na época, eles moravam em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Depois da aceitação da MTV, Fausto e sua turma de comediantes passou a ter mais espaço na televisão. O quadro Hermes & Renato, que batizou o programa, era inspirado em pornochanchadas dos anos 70. Outros personagens famosos foram o Palhaço Gozo, Boça e Joselito. Eles também fizeram clipes que caçoavam de estilos musicais como metal (Massacration), indie (Também sou hype), axé (Coração Melão) e gospel (Padre Gato).

Após a passagem pela MTV, o grupo foi contratado pela Record e mudou de nome para Banana Mecânica. Depois disso, começou a publicar suas piadas no YouTube e assinou contrato com os canais Fox. Segundo a emissora de TV por assinatura, o grupo havia gravado apenas pílulas da série que iria ao ar no canal FX no ano que vem.

Fonte: G1