Suspeito de estuprar sobrinha e ameçar filha de morte é encontrado morto no Piauí no interior

O hospital estadual de São João do Piauí recebeu o corpo do agricultor.

Procurado pela polícia por suspeitas de ter estuprado a sobrinha de 12 anos e praticar de abusos contra a própria filha de 13 anos, o agricultor Valdir Freiras, 44, foi encontrado morto na manhã desta quinta, 18, próximo ao local de trabalho, no povoado Cacimba da Areia, zona rural de Nova Santa Rita, situada na zona Sul do estado.


Informações da polícia apontam que os trabalhos de investigação e busca do agricultor estavam acontecendo há dois dias. Ele tinha um mandado de prisão preventiva em aberto, após denúncias das vítimas.


Os policiais tinham ido ao local de trabalho do acusado na noite da última quarta-feira, mas não houve êxito. “Na manhã desta quinta-feira, o corpo foi encontrado por um morador, que acionou a polícia”, disse o cabo Cícero Senna.

 O hospital estadual de São João do Piauí recebeu o corpo do agricultor. Lá, será feito o exame cadavérico. A Polícia Civil irá acompanhar o resultado dos exames. Até o momento as suspeitas apontam para suicídio.

O trabalhador rural estava sob a acusação de estupro à sobrinha e abuso da própria filha, durante uma visita que ambas fizeram a ele no município de Nova Santa Rita, local do crime. Ele ainda chegou a manter relação sexual com utilizando uma espingarda para forçá-las ao ato. 
A menor, de 13 anos, filha do acusado, conseguiu fugir e avisou a mãe, que logo chamou a polícia. Ele fugiu do local com a chegada da polícia. Desde a fuga, o acusado não mais apareceu e nem foi avistado. Dentre as confissões feitas pela filha, ela aponta que o pai lhe teria obrigado a escrever uma carta e a ingerir bebida alcoólica. 


O delegado Jorge Terceiro afirmou que o agricultor dizia que faria uma besteira. “Ele dizia que ia matar as duas meninas e logo iria se matar. Em seguida, o agressor pegou no braço da sobrinha e a levou para um quarto, onde a estuprou.”

 

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: Portal Meio Norte