Após matar a própria mãe, filho posta: "Fui ser feliz e não volto"

Jovem de apenas 24 anos teria cometido o crime por 'vingança'.

Os moradores de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, estão chocados com um crime ocorrido no início desta semana. Uma mulher, identificada como Marta Aparecida Cecília, de 48 anos, foi brutalmente assassinada e o  filho dela, nome não revelado, é o principal suspeito do crime.

Marta Aparecida Cecília foi assassinada com requintes de crueldade
Marta Aparecida Cecília foi assassinada com requintes de crueldade

De acordo com a Polícia Civil de Contagem, que investiga o caso, a mulher desapareceu após desentendimento com filho de apenas 24 anos. Dias depois, o corpo foi encontrado em  avançado estado de de decomposição dentro de um matagal e, segundo a pericia, ela foi morta com requintes de crueldade.

Familiares, que preferiram nãos e identificar, também suspeitam do rapaz que logo após o crime, empreendeu fuga e encontra-se foragido. Em seu perfil no Facebook, ele postou uma mensagem suspeita: "tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Fui ser feliz e não volto!". 

Ainda segundo familiares,  Marta Aparecida estava 'atrapalhando' o namorado do filho que provavelmente cometeu o crime por 'vingança'.

Postagem feita pelo jovem em seu perfil no Facebook
Postagem feita pelo jovem em seu perfil no Facebook




Fonte: Com informações do R7