Avó amarra menino de dois anos a poste e revolta vizinhos

O abuso foi denunciado e a policial local investiga caso

Uma chinesa causou revolta ao amarrar seu próprio neto à loja da família "para impedi-lo de fugir".  A mulher diz que não tem condições para enviar o menino ao jardim de infância e muito menos pagar uma babá, e que o lucro do estabelecimento é suficiente apenas para alimentar a família. 

O registro foi feito por um pedestre nesta sexta-feira (22). Segundo os vizinhos, isso acontece todo dia, entre os horários de meio-dia e 13:00.

A imprensa local entrevistou a avó da criança, que justificou o abuso dizendo que o menino é "muito malcriado": "Às vezes eu tenho que fechar a loja para fazer entregas, e não consigo pensar em outra maneira de fazer isso. Coloco ele lá faço as entregas e volto. Ninguém está disposto a cuidar dele."

O abuso foi denunciado e a policial local investiga caso.

Avó amarra menino de dois anos a poste e revolta vizinhos (Crédito: Reprodução)
Avó amarra menino de dois anos a poste e revolta vizinhos (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do R7