Baleado, bandido é socorrido e foge em ambulância no Maranhão

O veículo não tinha escolta policial. Caso ocorreu na capital.

Um assaltante foi baleado durante troca de tiros com a polícia no bairro Outeiro em São Luís, no estado do Maranhão, no domingo, dia 18. Ferido, o suspeito foi encaminhado para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde roubou uma ambulância e fugiu do local. 

Vitório Araújo, motorista da ambulância, conta como tudo ocorreu.  “(...) O maqueiro foi atrás de uma maca e eu fiquei dentro [da ambulância]. Ai eu recebo uma ligação do Socorrão II dizendo que era para eu dar um recado para a socorrista. Eu peguei e deixei a ambulância ligada, porque o paciente estava passando mal e sai. Foi coisa de segundos, quando eu voltei só vi o cara [suspeito] passando na ambulância. E ele ainda passou pelo pé de um senhor na frente. Foi quando falaram que tinham roubado a ambulância”, afirmou. 

Vitório Araújo, motorista da ambulância (Crédito: Reprodução)
Vitório Araújo, motorista da ambulância (Crédito: Reprodução)

Rafael Loringa, diretor administrativo do hospital, informou que uma sindicância será aberta para investigar possível participação de funcionários. “Nós estamos determinando a abertura de sindicância para que possamos apurar todos os fatos, ouvindo todos os nossos funcionários que estavam presentes no momento que estavam fazendo a remoção do paciente, para que a gente possa fazer o desfecho pela uma parte de um componente técnico nosso", disse. 

Uma enfermeira trabalha no hospital e não quis se identificar, afirma que viu uma movimentação estranha durante a chegada do preso no hospital e reclama da falta de segurança nos hospitais. “Foram [a ambulância] seguidos por uma moto, quando eles entram no Socorrão II, ela [a moto] ficou do lado de fora em frente a lanchonete. A gente fica muito preocupada pela nossa própria segurança, a gente trabalha e não tem segurança nenhuma”, contou. 


 

Fonte: Com informações do G1-MA