Ausados de roubar R$ 140 mil de agência de Cocal são condenados a mais de 16 anos

O veredito tomado pelo Juiz de Direito da Comarca de Cocal, Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior, foi divulgado na tarde de quinta-feira (23).

Quatro homens identificados como Gerson Chaves Aragão, Ricardo Pereira Machado, Manoel Alves Aderaldo e Rogério Lima Ribeiro, foram condenados a mais de 16 anos de prisão acusados de explodirem e subtraírem mais de R$140.000,00 (cento e quarenta mil reais) da Agência do Banco do Brasil da cidade de Cocal, em 2012.

Todos eles foram condenados a 16 anos, 01 mês e 15 dias de reclusão em regime inicialmente fechado e 633 dias multa, equivalentes à 1/30 (um trigésimo/dia) do salário mínimo vigente a época do fato. O veredito tomado pelo Juiz de Direito da Comarca de Cocal, Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior, foi divulgado na tarde de quinta-feira (23).

Na ocasião, a Polícia Civil do Piauí, por intermédio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), cumpriu durante o mesmo dia, no mandado de prisão em desfavor de Gerson Chaves Aragão, residente em Viçosa do Ceará, Ricardo Pereira Machado, morador do povoado Juá dos Vieira, zona rural de Viçosa do Ceará e de Manoel Alves Aderaldo, sendo que este último não foi localizado pela polícia.

Dos quatro acusados, apenas Rogério Lima Ribeiro permanecia preso cautelarmente após ser condenado pelo Júri Popular da Comarca de Piracuruca a quase 17 anos de prisão, pelo crime de homicídio praticado na cidade. Os outros três tiveram suas liberdades concedidas através de Habeas Corpus, por conta de excesso de prazo na condução processual.

Os dois presos pernoitaram na Delegacia de Policia Civil de Cocal e foram transferidos por volta das 10:00 horas desta sexta-feira (24/04), para a Casa de Custodia de Teresina.


 

Fonte: Blogdocoveiro