Bando explode caixa eletrônico do BB no supermercado Extra

Algumas cédulas de R$ 10 ficaram espalhadas pelo supermercado

Cinco homens, por volta das 4h desta segunda-feira (03), renderam funcionários e explodiram e roubaram dinheiro do Banco do Brasil no supermercado Extra, da avenida Presidente Kennedy, no bairro São Cristovão, na zona Leste de Teresina. O supermercado utilizou uma placa para isolar o local e impedir a visibilidade do local.

Os peritos do Instituto de Criminalística, da Secretária de Segurança Pública do Piauí, foram até o local para fazer vistoria e produzir laudo sobre as condições que os caixas foram encontrados. Os caixas eletrônicos ficam ao lado das prateleiras do supermercado.

O alarme do supermercado ficou ligado até às 7h da manhã. Os caixas eletrônicos funcionam internamente. Os clientes que chegaram para utilizar os serviços do supermercado, foram informados do assalto e que haveria um atraso na abertura do estabelecimento.

Algumas cédulas de R$ 10 ficaram espalhadas pelo supermercado, juntamente com o equipamento utilizado para a explosão dos caixas.  De acordo com informações, após a ação, os criminosos saíram atirando do local. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e começou as diligências no sentido de capturar os acusados pelo crime.

Os peritos Francisco Leal e Luis Andreoli, ao sairem do supermercado Extra, informaram que a tampa do cofre foi projetada a uma distância de 2 metros, atingindo a farmácia que fica na frente do caixa eletrônico do Banco do Brasil. Francisco Leal disse que as cédulas se espalharam por todo supermercado.

“Com certeza os assaltantes levaram a maioria das cédulas espalhadas pelo chão, mas ainda restauram algumas dentro do estabelecimento. Os assaltantes utilizaram um explosivo de grande porte para explodir o local”, declarou Francisco Leal. A equipe do Grupo de Repressão ao Crime Organizado  (Greco), vai investigar o crime.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
Fonte: Com informações do Efrem Ribeiro