Cantora sofreu estupros coletivos por cinco dias e foi seduzida pelo produtor

Cantora sofreu estupros coletivos por cinco dias e foi seduzida pelo produtor

Mãe acusa produtor musical de seduzir a menina e drogá-la para estupro

A mãe da cantora Geslyane Piassa, Eliane Licatta, diz que a filha ainda está confusa e não sabe dizer ao certo o que aconteceu durante os cinco dias em que esteve desaparecida em Goiânia (GO). Ela foi encontrada enrolada em um cobertor em uma praça próxima ao aeroporto de Goiânia (GO), no último sábado (6).

— A minha filha perdeu as contas de quantas pessoas a estupraram. Aquele produtor que a gente confiou, que era evangélico, seduziu minha filha por mensagem e ligações.

Eliane diz que na semana passada chegou em casa e não encontrou a filha de volta da escola. Ela conta que a menina era caseira e estava empolgada com a carreira gospel.

— Dou graças a Deus que achei minha filha viva. Agora eu só quero justiça.

A vítima contou em entrevista à Rede Record que recebeu uma ligação do produtor musical marcando uma reunião. Assim que o encontrou, ela bebeu uma água oferecida por ele e passou a ficar tonta. Depois foi levada para um motel e não lembra direito o que ocorreu, mas diz que foi abusada por vários usuários de droga na rua. Geslyane foi encontrada com roupas de homem e, durante a entrevista, apresentou um discurso confuso. Ela teve os cabelos cortados.

A delegada que investiga o caso informou que ela foi ouvida na tarde desta segunda-feira (8) e que uma psicóloga acompanhou o depoimento. A polícia já considera o produtor musical e um amigo como suspeitos. O produtor é casado, tem filhos, e ainda não foi ouvido. A polícia disse que investiga o caso e que ainda não pediu à Justiça a prisão preventiva de ninguém. Uma simulação de todo o trajeto percorrido será feito.  

A cantora gravou um CD recentemente produzido pelo suspeito do crime. Imagens de circuito de segurança mostram a última vez que ela saiu de casa. Para a mãe, a jovem contou que ia a um salão de beleza.

O produtor musical se posicionou sobre a questão e negou qual abuso praticado contra Geslyane. Ele disse que nunca teve qualquer envolvimento afetivo com a cantora.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: R7