Cuidadora é presa por suspeita de furtar cerca de R$ 132 mil de idosa

Cuidadora é presa por suspeita de furtar cerca de R$ 132 mil de idosa

Após levantamento, foi mostrado que, desde janeiro, 87 saques diários foram feitos, sempre no mesmo horário e na mesma agência

Uma mulher de 59 anos foi presa por furto qualificado no sábado (12), em Resende, no sul do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, ela foi flagrada com R$ 11,5 mil em espécie na bolsa, após sacar dinheiro com o cartão da vítima em uma agência bancária no bairro Manejo.

Ainda segundo a polícia, a suspeita trabalhava há mais de cinco anos como cuidadora da vítima, uma idosa de 89 anos. "Era uma poupança para gastos emergenciais, uma economia de mais de 30 anos", explicou Rodrigo Coelho, delegado adjunto da 89ª DP (Resende)

O delegado informou também que o crime foi descoberto na sexta-feira (11), depois que a idosa resolveu retirar a restituição do Imposto de Renda (IR). Na agência, ela percebeu que o cartão não estava na bolsa e, ao solicitar um extrato, descobriu que faltavam R$ 132 mil na conta. Após levantamento, foi mostrado que, desde janeiro, 87 saques diários foram feitos, sempre no mesmo horário e na mesma agência.

Com a informação, a polícia montou uma operação para flagrar a suspeita. O sobrinho da vítima participou da ação e reconheceu a mulher. Na casa dela, ainda foram encontradas três joias com o nome da vítima gravado.

A cuidadora foi encaminhada à delegacia, onde foi autuada por furto qualificado por abuso de confiança e supressão de documento. Ela foi transferida na tarde deste domingo (13) para o Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro.

Fonte: G1