Delegacia indicia irmão do goleiro Bruno no caso Eliza Samúdio

A denúncia é por sequestro e tentativa de aborto de Eliza Samúdio

Foi indiciado nesta sexta-feira (8), pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro (Deam), Rodrigo Fernandes, 30 anos, irmão do goleiro Bruno. A denúncia de Rodrigo é pelos crimes de sequestro e tentativa de aborto de Eliza Samudio. Além disso, foi instaurado um inquérito complementar que vai apurar se ele seria cúmplice no assassinato de Eliza.

Rodrigo está preso desde setembro de 2015, Casa de Detenção Provisória de Altos, por suspeita de furto e estupro de uma menor de idade. Na última terça-feira (5), em entrevista exclusiva, para o programa Bom Dia Meio Norte, ele declarou sabia a localização dos restos mortais da ex-namorada do irmão e afirmou ainda que pessoas importantes estavam envolvidas no caso.

Rodrigo Fernandes, irmão do Goleiro Bruno
Rodrigo Fernandes, irmão do Goleiro Bruno


Segundo a delegacia, as declarações feitas por Rodrigo à Polícia Civil do Piauí foram encaminhadas cópia do termo ao Tribunal do Júri de Minas Gerais para providências cabíveis.

Segundo o delegado geral, Riedel Batista, o irmão do goleiro Bruno, já foi ouvido em duas oportunidades e a polícia aguarda uma segunda carta precatória para tirar respostas dele de alguns pontos que foram solicitados pela delegacia do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

‘Ainda existe alguns pontos obscuros nos depoimentos dele, então estamos aguardando essa precatória chegar. Nós já recebemos a ligação do delegado geral do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, e ele está encaminhando essa precatória junto com a Dra. Cristina, que é a delegada geral de Minas Gerais. Vamos ter que checar todas essas informações visto que ele passou um local mas esse local não foi específico porque ele colocou algumas exigências no depoimento para a polícia. Agora estamos analisando para ver se vale a pena colocar esse sistema de proteção exigido”, declarou.

Fonte: Com informações do Uol