Ex-marido mata jovem e deixa fotos da família próximo ao seu corpo

Caso de feminicídio aconteceu em Paranaíba, na segunda-feira (30)

Uma jovem de 23 anos foi encontrada morta com sinais de esganamento, na casa onde morava com o ex-marido, que é suspeito do crime. Não há informações se ele foi preso.

O corpo estava na cama, coberto por uma colcha e com fotos da família perto dos pés. As imagens eram da própria vítima, do suspeito e do filho que os dois tiveram juntos. A vítima estava desaparecida desde o começo do dia e só foi encontrada por volta das 20h (de MS), quando a porta da casa foi arrombada por testemunhas que procuravam por ela.

A perícia da Polícia Civil constatou sinais de enforcamento e esganamento no pescoço da vítima e apreendeu um cordão, que pode ter sido usado para matar a jovem. Além das fotos, os policiais também encontraram um holerite próximo ao corpo e R$ 100, que sobrou do salário recebido pela vítima naquele dia. Os objetos foram apreendidos e serão analisados.

Consta no registro policial que, segundo testemunhas, ela e o ex-marido estavam separados há cerca de dois meses, mas continuavam dividindo a mesma casa temporariamente, segundo a polícia. Ainda segundo relatos das testemunhas, o suspeito era ciumento e não aceitava que a jovem ficasse com a casa e o filho após a separação. O caso foi registrado como feminicídio, violência doméstica e familiar.

Fonte: Com informações do G1