Ex-presidiário planeja e mata homem com 12 golpes de faca

Segundo a polícia, o acusado confessou o crime para seu pai.

Um ex-presidiário identificado por Elcimir Vieira da Silva, de 29 anos, mais conhecido como 'Huck', foi preso acusado de assassinar o marceneiro Michel Barreiros Rodrigues com 12 facadas. O crime aconteceu na cidade de Cantá, no estado de Roraima.

De acordo com o delegado, responsável pelo caso, Luciano Silvestre, o ex-detento estavan chateado' com a vítima por ela não ter pagado seu salário.Além disso, revela que Huck contou com a ajuda de um comparsa.

"Os policiais foram até a Vila União [Cantá] e trouxeram o suspeito até a delegacia. Em depoimento, ele disse que, na madrugada de sábado, foi convidado por Jaci para matar Michel, em razão de estar 'chateado' com a vítima por ela não ter pagado o salário como acordado. Ele então concordou e os dois foram para a residência de Michel", disse.

O delegado acrescenta que o marceneiro foi  vítima de uma 'armação'. "Eles se armaram antes de se encontrarem com a vítima. Jaci se levantou e começou a esfaqueá-la. 'Huck' tirou a faca da cintura e também desferiu mais golpes. Ao verem que Michel estava morto, fugiram do local e se esconderam na mata".

O ex-presidiário teria confessado tudo para o próprio pai que foi até a delegacia e o denunciou. O caso está sendo investigado pela polícia de Cantá que descobriu que o acusado já possui passagem por roubo e furto.

Image title




Fonte: Com informações do G1