Homem estupra menores e agride jornalistas: 'Era matar ou morrer'

Ele é acusado de estuprar dois irmãos adolescentes no ES.

A polícia de Vitória, no Espirito Santo, prendeu um homem acusado de estuprar dois irmãos adolescentes, um de 15 e outro de 17 anos. Segundo o delegado  responsável pelo caso, Lorenzo Pazolini, o suspeito ameaçava a família dos menores que sofriam abusos sexuais.

"Essas ameaças diziam respeito sobre a própria vida dos adolescentes e a vida da família. Era matar ou morrer. Ou ele mantinha a relação sexual ou toda a família deles estaria em risco”, afirmou.

A mãe dos menores, que não teve o nome relevado, relata que as ameaças eram feitas por meio do celular. "A mãe notou nesse adolescente de 15 anos uma alteração comportamental, ele estava muito introvertido, se tornou uma pessoa fechada e retraída. A partir daí ela manteve o diálogo com ele descobriu as ameaças no celular dele. Foi então que chegamos ao autor. Os abusos foram comprovados por meio de laudo”, disse.

Na delegacia, no momento da prisão, profissionais de imprensa foram agredidos pelo acusado, como conta o jornalista Geilson Ferreira.

“Eu vi o momento em que ele partiu para cima do meu cinegrafista. Ele ficou preso na parede e eu tentei de alguma forma impedir. Ele batia, dava socos e chutes. A minha reação foi tentar ajudar, mas ele grudou na minha camisa”, declarou.

Image title




Fonte: Com informações do Folhavitoria