Idosa de 80 anos ajuda a matar a amante mais jovem do namorado

Incomodada com juventude de rival, idosa ajuda a matar amante

Uma idosa identificada por Esmeralda, de 80 anos foi presa suspeita de participar do assassinato de uma jovem no Rio Grande do Sul. A vítima foi esquartejada e teve parte do corpo jogada em um lixão. A idosa teria não se conformado com o fato de o amante, de 25 anos, ter um relacionamento com uma mulher mais nova.

A mulher tinha um caso com Vandré Centeno, assassino confesso de Cíntia Glufke. Os dois eram colegas de trabalho e mantinham um relacionamento amoroso. A idosa não se conformava com o relacionamento com outra mulher tão mais nova que ela.

Centeno teria matado Cíntia e esquartejado o corpo. Partes do cadáver foram enterradas no quintal da casa dele em Porto Alegre. O restante foi colocado em malas. Esmeralda negou tudo, dizendo que desconhecia o conteúdo das malas. Posteriormente, a idosa assumiu que tinha raiva e ciúmes de Cíntia.

A investigação também apontou que o crime pode ter sido premeditado porque as sacolas plástica, as malas e as passagens para Santa Catarina haviam sido compradas dias antes do assassinato.

Ao todo, cinco pessoas foram presas: Centeno, os dois irmãos dele, Esmeralda e o sogro de Cíntia, que era casada. Centeno confessou que também tinha um caso com o sogro da vítima


Image title

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7