Jovem denuncia após se apoiar em viatura da PM e sofrer agressões

Os militares o abordaram aos gritos.

O jovem de 24 anos, Fábio Moura, estudante de direito, fez postagem em uma rede social afirmando ter sido agredido por policiais militares após se apoiar em uma viatura do BOPE ( Batalhão de Operações Policiais Especiais), no bairro de Jaraguá, em Maceió.

Image title


Em sua página pessoal na rede social Fábio Moura, que diz ser natural do Recife, mas mora na capital alagoana, conta que a ação aconteceu porque ele estava encostado em um carro a serviço do Bope, enquanto esperava por familiares e amigos que estavam na festa com ele.

Segundo o jovem, os militares o abordaram e, a gritos, mandaram que ele olhasse o símbolo que estava estampado no veículo.

No post na web, que já tinha mais de mil compartilhamentos até o início desta tarde, Fábio afirma que, inicialmente, fez o que os policiais pediram, mas após se negar a olhar outra vez para o carro e protestar contra os gritos, os militares começaram a agredi-lo.

“De primeira levei uma bela tapa na cara, entende? (...) Fiquei muito indignado, pois nunca havia apanhado de ninguém tão injustamente”, diz o jovem na publicação, onde ainda exibiu fotos que mostram as marcas das supostas agressões no rosto”, postou. "No meio de socos enquanto me mantinha com a cabeça baixa e pensava que não havia necessidade de estarem me repreendendo daquela forma, pois como ser humano tenho dignidade a zelar, e a única interpretação que eu tive na hora é que eu estava sendo torturado por absolutamente nada", diz outro trecho do post.

Fonte: Com informações do G1